Roger analisa opções para mudar a cara do time do Atlético

A força do elenco do Atlético é exaltada a cada ano e nesta temporada não é diferente. Mais qualificado, o grupo alvinegro chama atenção por ter diversas peças para cada posição. Ainda há aqueles atletas e, principalmente, os reforços que dão diferentes opções em mais de um setor ou os que podem mudar a forma de jogar do time sem exigir queimar duas substituições. Com o comando em mãos, Roger Machado analisou o que pode alcançar no Galo.

O técnico atleticano vem utilizando os primeiros jogos na temporada para fazer mudanças e testar as opções da equipe caso precise mudar a postura do time durante as partidas. Com a chegada de Elias e a recuperação de Robinho, além da versatilidade de jogadores como Danilo, Maicosuel e Luan, Roger tem cada vez mais condições de promover mudanças táticas com uma simples troca.

Nos seis compromissos do Atlético até aqui, o gaúcho concentrou boa parte de sua atenção ao meio-campo alvinegro. Até o momento, somente o volante Rafael Carioca não foi substituído no setor. Contra o América, Roger optou pela entrada de Yago no lugar de Otero. Com mais um volante de contenção em campo, o treinador libera Elias para atuar mais avançado.

Somente na estreia da temporada, contra o América-TO, o treinador aplicou todas as mudanças na linha de frente. Nos cinco jogos seguintes – Cruzeiro, Tombense, Joinville, Uberlândia e América –, duas das três substituições de Roger por confronto foram alternativas para mudar o estilo das peças que estavam em campo. Após a vitória no clássico desse domingo, o comandante alvinegro comemorou a diversidade do elenco e projetou melhora para a sequência do ano.

“Neste primeiro momento, eu festejo a possibilidade de ter muitas opções a minha disposição. Dependendo da partida, eu posso lançar mão delas, para fazer a manutenção de um placar, para inverter um jogo adverso, isso é o mais importante. No jogo passado, usamos dois atacantes de referência, e deu certo. Hoje empurramos o Elias para a linha da frente e colocamos o Yago perto do Carioca, e é uma opção também. Vamos encontrando alternativas no nosso elenco para as adversidades que o jogo apresenta”, comentou.

Roger conversa com Robinho e Maicosuel; treinador elogiou versatilidade entre opções no Galo
Roger conversa com Robinho e Maicosuel; treinador elogiou versatilidade entre opções no Galo

Fonte: Superesportes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *