Resumo do dia: Bélgica goleia Panamá, Suécia vence Coreia do Sul com ajuda de VAR e Inglaterra vence Tunísia com gol no fim

Com ajuda do VAR, Suécia vence a Coreia do Sul, pelo Grupo F

A segunda partida do Grupo F do Mundial, entre Suécia e Coreia do Sul, terminou com vitória dos escandinavos por 1 a 0 sobre a seleção asiática. As duas equipes correm por fora em uma chave que tem México e Alemanha. Nesta segunda-feira, mais uma vez, o árbitro de vídeo foi um dos protagonistas do jogo, ao validar a marcação de um pênalti que originou o gol sueco. O jogo aconteceu em Nizhni Novgorod, para 42.300 pessoas.

Após a vitória do México na primeira partida, os alemães vão brigar ainda mais pelo resultado nos jogos contra estas duas seleções, que são, teoricamente, as duas mais fracas do grupo.

Vale lembrar que os classificados cruzam com o grupo do Brasil, nas oitavas. O primeiro de um enfrentará o segundo do outro, e vice-versa.

É a primeira competição, desde 2000, que a seleção sueca não conta com Ibrahimovic no elenco. O atacante do LA Galaxy passou uma séria contusão em 2017 e não tinha um bom relacionamento com o técnico Janne Anderson.

 

2ª RODADA

A Coreia do Sul agora enfrentará o México, em Rostov. Já a Suécia pega a atual campeã Alemanha, em Sochi.

Bélgica domina o Panamá e faz 3 a 0 em Sochi, pelo Grupo G

Panamá entrou em campo no início da tarde desta segunda-feira para a primeira partida de sua história em copas do Mundo. A seleção, que é candidata a ‘zebra’ do Grupo G, enfrentou uma das favoritas ao título, a Bélgica. Na partida, os europeus se impuseram e conseguiram uma vitória consistente: 3 a 0. A chave tem ainda Inglaterra e Tunísia.

O capitão da equipe panamenha, Román Torres, mostrou a emoção antes da estreia em seu Twitter. O zagueiro postou uma mensagem destacando a importância da partida para o seu país. Durante o hino, o jogador chorou enquanto cantava com os companheiros:

A Bélgica, como se esperava, entrou no gramado com dois desfalques importantes: Vermaelen e Kompany. Os zagueiros se recuperam de lesão e só devem regressar na segunda e terceira partida, respectivamente.

A partida ficou marcada pelos inúmeros amarelos distribuídos pelo árbitro: foram cinco para o Panamá (Murillo, Davis, Cooper, Godoy e Bárcenas), e três para a Bélgica (Vertonghen, Meunier e De Bruyne).

Kane marca duas vezes e garante vitória da Inglaterra sobre a Tunísia

Inglaterra e Tunísia fecharam na tarde desta segunda-feira (18) a rodada do Grupo G da Copa do Mundo. A campeã mundial é uma das favoritas da chave, que ainda tem a Bélgica, seleção que venceu o Panamá por 3 a 0, mais cedo. No primeiro jogo, apesar do bom começo, os ingleses penaram para vencer a seleção africana por 2 a 1.

A Inglaterra usou velocidade e qualidade de seus atacante para começar o jogo já pressionando a Tunísia, mas relaxou durante o restante do jogo, mesmo sendo superior tecnicamente. O Goleiro tunisiano, Hassen, sentiu dores no ombro e foi substituído logo aos 5 minutos de jogo. Ben Mustapha entrou em seu lugar. Ben Mustapha entrou em seu lugar.

Com a vitória, a Inglaterra pode garantir a classificação na próxima rodada, caso vença o Panamá, e a Bélgica vença ou empate com a Tunísia.

Fonte: Notícias ao Minuto / Fotos: Reprodução 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *