Radamés comemora primeiro gol após lesão e quase dois anos: “Sentir realmente útil”

Quase dois anos depois, Radamés voltou a marcar um gol em uma partida oficial. Mais do que isso, balançou as redes em um momento decisivo, que valeu não só a entrada na zona de acesso ao Módulo I do Mineiro, mas também a liderança do Hexagonal Final. No treino desta quinta-feira (4), no Centro da Treinamentos da equipe, em Varginha, o jogador não escondeu a satisfação por ter balançado as redes.

– É uma sensação muito gostosa, de poder contribuir, de se sentir realmente útil para a equipe – afirmou.

A última vez que Radamés havia marcado tinha sido no empate em 1 a 1 com o CRB ainda no dia 04 de julho de 2015, em partida válida pela 10ª rodada da Série B. Depois disso, sofriu uma lesão no joelho que o deixou afastado dos gramados por um longo período e uma série de pequenas lesões musculares – inclusive neste início de temporada.

Radamés não escondeu satisfação por gol marcado (Foto: Régis Melo)
Radamés não escondeu satisfação por gol marcado (Foto: Régis Melo)

– Eu estou conseguindo me recuperar bem, tive uma sequência boa de jogos. Tenho me sentido melhor, a cada jogo que passa, vou me sentindo melhor. E esse golzinho tem realmente um sabor especial. Você contribuir com a equipe jogando os 90 minutos, conseguindo falar, orientar, botar um pouco da experiência no grupo e também conseguir ajudar fazendo gol, isso é maravilhoso. Ainda mais para mim, que vinha de um longo período parado e sonhava realmente com esse momento.

Segundo o próprio meia, o gol marcado nesta quarta-feira contra o Tupynambás também serviu de redenção, já que ele havia desperdiçado um pênalti há três rodadas.

Radamés marca de pênalti para o Boa Esporte (Foto: Régis Melo)
Radamés marca de pênalti para o Boa Esporte (Foto: Régis Melo)

– O futebol tem dessas coisas. Há dois, três jogos atrás, contra o próprio Tupynambás, na casa deles, eu tive a oportunidade de fazer o meu gol e não tive a competência na ocasião. Sorte que a gente já estava na frente e conseguiu segurar o placar. E ontem, contra o Tupynambás de novo, Deus me deu a bola no pênalti, no último minuto, para que eu pudesse decidir. Ainda bem que eu fui feliz ontem em poder ajudar o time a vencer e conseguir essa liderança.

Radamés foi abraçado por companheiro após o fim da partida contra o Tupynambás (Foto: Régis Melo)
Radamés foi abraçado por companheiro após o fim da partida contra o Tupynambás (Foto: Régis Melo)

Sem tempo para descansar, o Boa Esporte já viaja nesta sexta-feira (5) para Nova Serrana, onde enfrenta o Betinense neste sábado (6), às 16h, na Arena do Calçado. A partida é válida pela 8ª rodada do Hexagonal Final.

Fonte: Globo Esporte Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *