Por evolução do VAR, Palmeiras sugere reunião de clubes com comissão de arbitragem

VAR foi introduzido no Brasil em 2017, mas só passou a ser utilizado no Brasileirão este ano. E apesar do pouco tempo de uso, a novidade tem gerado polêmica nas partidas do Campeonato. Muitos alegam que o mecanismo tem atrapalhado os jogos. Além disso, aconteceram erros mesmo depois dos árbitros consultarem o vídeo. Assim, o Palmeiras quer se mexer.

Maurício Galliote, presidente do Palmeiras, visitou a sede da CBF nesta segunda-feira (12) para conversar com o chefe de arbitragem Leonardo Gaciba. A fim de melhorar o uso do VAR nos Campeonatos Brasileiros, o represente do verdão sugeriu uma reunião com os clubes para se discutir a utilização do recurso.

Recentemente o Verdão se sentiu prejudicado pelo uso do recurso. Palmeiras e Bahia se enfrentaram no último domingo (11), em um jogo repleto de polêmicas. Os dois gols do Bahia foram convertidos de penalidades marcadas pelo árbitro de vídeo. Mas, quando Felipe Melo foi expulso no primeiro tempo, o VAR não foi consultado pelo árbitro Igor Junio Benevenutto.

Segundo o clube Alviverde, a viagem de Galliote já estava marcada antes mesmo do empate diante dos baianos. E apesar de sempre terem sido a favor do uso do árbitro de vídeo o verdão assim como outros clubes brasileiros enxergam a necessidade do aperfeiçoamento da ferramenta.

 Fonte: Futebol na Veia / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *