No Cruzeiro, Mano Menezes quer sequência para Fred e faz planos para Edilson e Mancuello

Fred seguirá como titular do Cruzeiro mesmo com os planos da comissão técnica de estabelecer um rodízio na equipe nos próximos jogos do Campeonato Mineiro. O técnico Mano Menezes explicou que dará uma sequência maior ao centroavante, que passou em branco nos duelos com Tupi (vitória por 2 a 0, no Mineirão) e Caldense (empate por 0 a 0, em Poços de Caldas).
“A gente está dando uma sequência dentro do possível a ele para que se condicione. É a melhor escolha para ele. Hoje as bolas não chegaram tanto com qualidade, mas ele brigou, teve uma cabeçada muito bem feita, depois tentou dominar uma bola em que quis tocar para o Sobis e a bola deu uma escapadinha, teve uma jogada por trás do lateral em que foi servir e não completou o passe… enfim… é um jogador importante para nós. Até quando não jogar bem, será importante pela experiência, por preocupar o adversário e por ter uma maneira muito clara de jogar, o que é importante”, disse o comandante.
Na partida contra o Tupi, o camisa 9 esteve perto de balançar a rede, quando recebeu passe de Robinho no começo do primeiro tempo e, com a meta vazia, finalizou de carrinho para fora. Já diante da Caldense, as chances mais importantes foram duas cabeçadas – uma no primeiro tempo e outra no segundo. Na quarta-feira, às 21h45, contra o Uberlândia, no Mineirão, Fred terá nova oportunidade de marcar seu 57º gol pelo clube.
Com relação a Edilson e Mancuello, que ainda não foram relacionados pela comissão técnica, Mano traçou planos para aproveitá-los apenas no confronto da quarta rodada, na qual o Cruzeiro visitará o Tombense no Ipatingão, às 19h do próximo sábado (27/1). “São jogadores experientes, que conseguem queimar algumas etapas. Talvez o mais seguro seja no jogo do fim de semana contra o Tombense”.
Em questões burocráticas, Edilson está à disposição da equipe, pois teve o contrato registrado no Boletim Informativo Diário da CBF na última terça-feira. Já Mancuello, último dos sete contratados, ainda precisa ter a situação normalizada. O volante/meia argentino foi adquirido ao Flamengo por US$ 1,8 milhão, valor pago por 60% de seus direitos econômicos.

Ainda que não utilize Edilson e Mancuello contra o Uberlândia, Mano Menezes poderá apresentar outras novidades na quarta-feira, pois quer que todos estejam em nível próximo de ritmo. “Nós vamos caminhar assim com o grupo até que todos tenham uma condição parecida. Só que, diferentemente do ano passado, em que trocamos uma equipe inteira e a queda de produção acontecia, vamos fazer trocas de quatro, três, dois e rodar o plantel com mais segurança”.

Juarez Rodrigues/EM D.A Press
Mancuello deverá ser relacionado por Mano Menezes para jogo contra o Tombense, no sábado / Juarez Rodrigues/EM D.A Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *