Neymar vê o seu valor de mercado cair 11% após a Copa

Neymar é o jogador mais caro do mundo, cujo contrato é avaliado em R$ 789 milhões. Mas a Copa do Mundo da Rússia fez mal para a marca que o atacante brasileiro carrega. De acordo com apuração da Pluri, consultoria especializada em mercado de atletas, em valor de mercado, a marca Neymar caiu 11%.

Antes do torneio, o atleta vivia a expectativa de se tornar um dos melhores do mundo. Depois dela, com a eliminação do Brasil nas quartas de final para a Bélgica, mas, principalmente, pela imagem negativa que deixou em campo, o atleta de 26 anos viu a sua “marca” despencar.

Neymar não foi o único a ter o valor de mercado depreciado. Lionel Messi, que também não fez uma boa Copa do Mundo, teve o seu preço desvalorizado, ficando em terceiro lugar nessa corrida – ainda de acordo com a Pluri, o meia da Argentina liderou esse ranking nas últimas nove temporadas.

AFP / LOIC VENANCE
Ao contrário de Neymar, seu companheiro de PSG, Mbappé sai valorizado da Copa após ser campeão do mundo (AFP / LOIC VENANCE)

Entre Neymar e Messi, há um novo personagem em alta. É Kylian Mbappé, campeão do mundo com a França. O garoto de 19 anos deixou a Rússia com a taça nas mãos e valorização contratual na ordem de 44%. Seu acordo com o Paris Saint-Germain salta de 118 milhões para 170 milhões de euros (R$ 768 milhões).

A queda seria contínua até dezembro de 2027, quando o brasileiro teria 35 anos. Já a projeção otimista daria a ele mais dois anos de alta e valorização batendo na casa dos 237 milhões de euros em 2020.

Fonte: Super Esportes / Foto: AFP / SAEED KHAN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *