Musa do Mineiro 2019- Varginhense Thayná Fabri está representando o Cruzeiro e falou com exclusividade ao CSul; vote e confira

A Varginhense Thayná Fabri, integrante da NAV – Nação Azul de Varginha, maior torcida organizada do Cruzeiro no interior, esta participando da competição de Musa do Mineiro 2019. Thayná chegou a terceira fase da competição pelo seu grupo, a semifinal, e conta com o apoio dos torcedores celestes e varginhenses para avançar à grande final do grupo e claro, do concurso, mais a frente.

A votação se encerra às 23h desta quarta-feira (8). Clique aqui para dedicar seu voto à Musa da NAV.

A varginhense possui o título de musa da NAV, e diz que pretende conseguir outros títulos no esporte. Ela está concorrendo com Renata Antunes e Jenifer Santos no Grupo A.

“Hoje faço parte da NAV, que inclusive é a maior torcida do Sul de Minas. Estamos sempre seguindo o Cruzeiro e quando não podemos, nos reunimos no Virtual Bar para ver os jogos e fazer nossa festa azul. Hoje tenho o título de musa da torcida, e pretendo conseguir outros títulos dentro desse meio, e para isso queria contar com a ajuda de vocês, votando em mim para ganhar o concurso Musa da Bola 2018 representando o Maior de Minas! Agradeço desde já!”, disse Thayná.

Entrevista exclusiva

Thayná Fabri, de 21 anos falou com exclusividade ao redator do CSul, Iago Almeida. Cruzeirense desde pequena, sempre despertou em si uma paixão em falar de futebol. A torcedora celeste é frequentadora de estádios brasileiros com a Nav – Nação Azul de Varginha, ativamente há 4 anos. Entre os estádios visitados pela concorrente estão o Mineirão, Pacaembu, Itaquera, entre vários outros.

Qual o sentimento em representar a NAV, maior torcida do interior de Minas Gerais, e ser representante do Cruzeiro, um dos grandes clubes do país?
“Então, eu cheguei na NAV há alguns anos, fui muito bem recepcionada por todos e logo já enraizei ali mesmo. Sempre tive vontade de fazer parte de uma torcida organizada, e a NAV faz um trabalho sério desde 2007, buscando cada vez mais o nosso espaço no estado, e já somos reconhecidos por todos os cantos, por participarmos ativamente dos jogos, eventos. Por não medirmos esforços para acompanhar e apoiar o time. O sentimento é gratidão, por fazer parte da maior do sul de minas! Agradeço muito o Achilles (presidente) e Alexis (vice) por estarem comigo nessa caminhada, e claro, aos demais integrantes que estão dando todo apoio e força para que eu consiga!”

O que você busca, além do título de musa do mineiro, com essa competição? O que ela representa pra você e pra todas as mulheres do esporte ?
“Chegar até aqui, na terceira fase já representa muito pra mim. Deixamos muitas candidatas pra trás, mas, claro, como todas estou aqui para vencer! Eu busco dar o primeiro passo, mais pra frente quem sabe tentar algo maior nesse meio, em representação ao Cruzeiro. Essa competição representa não só a beleza da torcedora, representa o amor, a paixão pelo time, não basta ter beleza quando não se tem dedicação. Quem me conhece sabe das loucuras que faço para acompanhar o Cruzeiro. Viagens longas, fome, cansaço físico, mas tudo que construí e venho construindo ao longo dessa trajetória vou guardar sempre comigo. As mulheres podem ser o que quiser, podem estar a onde quiserem, e meu lugar preferido é a arquibancada!”

Instagram – https://www.instagram.com/thayfabri_/

 

 

Redação CSul – Iago Almeida / Fotos: Reprodução Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *