Mercado da bola movimentado nesta quarta

Esta quarta-feira (19) não tem futebol na Globo, mas o movimento do mercado esportivo chamou a atenção, compensando as férias dos clubes. Enquanto os paulistas seguem a todo vapor em contratações e rumores, as equipes cariocas estão cada vez mais se complicando no mercado, perdendo jogadores e sendo frustadas por outros. O CSA anunciou mais um reforço, enquanto o Grêmio se aproxima de outro. Confira:

O Fortaleza anunciou a contratação do goleiro Felipe Alves, de 30 anos, ex-Athletico Paranaense.

Botafogo e Corinthians deixam encaminhada troca do jovem de 19 anos, Caio Alexandre, por dupla Jean, volante, e Moisés, lateral-esquerdo. Já Diego Cavalieri, realizou exames médicos, acertou as bases salariais com o Botafogo e só falta assinar o contrato que será de 1 ano com a equipe carioca.

Foto: GloboEsporte.com

Peres diz que Santos tem interesse na contratação de Andreas Pereira, que está em fim de contrato com o Manchester United.

O Grêmio está muito próximo de um acerto com o Marquinhos Gabriel. A questão financeira não será problema pro negócio. Mas a liberação do Al-Nasr e do Corinthians são entraves.

O CSA voltou ao mercado e anunciou agora o atacante Hiago. O jogador, de 27 anos, estava no Kalmar FF, da Suécia. Em 2017, ele defendeu o Fortaleza e o Sergipe.

O Flamengo está de olho no meia-atacante argentino Matías Vargas, do Vélez Sarsfield. O jogador de 21 anos tem quatro gols em 14 jogos do atual Campeonato Argentino, que começou em agosto. Além dele, Gabigol também interessa ao rubro-negro.

O Corinthians vai comprar 100% dos direitos econômicos de Sornoza por cerca de R$ 11 milhões – os 60% do Fluminense e os 40% do Del Valle. Contrato de quatro anos. O jogador já esteve em São Paulo para realização de exames. É o primeiro equatoriano na equipe paulista.

Botafogo

O Botafogo sofreu um duro golpe na tentativa de equilibrar suas contas. A juíza substituta da 14ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) determinou a penhora do valor referente à venda de Matheus Fernandes ao Palmeiras. Tudo por conta do processo trabalhista movido pelo técnico Oswaldo de Oliveira contra o Alvinegro. O valor determinado na penhora é R$ 6,4 milhões, e o caso foi confirmado pelo clube. O jogador de 20 anos foi negociado por aproximadamente R$ 15 milhões (referentes a 75% dos direitos econômicos).

Redação CSul – Iago Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *