Luan Polli tenta engatar sequência de jogos pelo Boa

A estreia do Boa Esporte na Copa do Brasil nesta quarta-feira (8) trouxe um novo ciclo para um jogador em especial. O goleiro Luan Polli, de 23 anos, que chegou no ano passado e disputou apenas uma partida pelo clube durante a campanha do título da Série C, teve a chance de engatar uma sequência de jogos pelo clube.

– Eu não tive uma sequência ainda de muitos jogos, o máximo que eu consegui fazer no Figueirense foram 10 jogos. Para minha evolução pessoal vai ser muito importante, para o meu crescimento pessoal essa sequência no Campeonato Mineiro e na Série B e consequentemente levar o Boa a disputar coisas boas dentro do futebol brasileiro – disse o goleiro.

Além do Figueirense, onde foi revelado, Luan Polli esteve entre 2012 e 2014 no Flamengo, onde também não teve chances de atuar com frequência. Nesse período, disputou apenas uma partida pelo clube. No curriculum, ele tem o título de campeão da Copa do Brasil de 2013. Agora, no Boa, terá a chance de substituir Daniel, um dos pilares do time que ficou 18 jogos sem perder na Série C.

– Ano passado a gente tinha um baita goleiro, aprendi muita coisa com ele, um cara mais experiente. Muita gente permaneceu do grupo de jogadores que não vinham atuando muito, eu já conheço a maioria, acho que a gente está bem entrosado e tem tudo para fazer um Campeonato excelente – diz Luan.

Goleiro, que chegou em 2016, atuou em apenas 1 partida pela Série C e agora quer a chance de jogar com mais frequência pela equipe de Varginha (Foto: Lucas Soares)
Goleiro, que chegou em 2016, atuou em apenas 1 partida pela Série C e agora quer a chance de jogar com mais frequência pela equipe de Varginha (Foto: Lucas Soares)

O goleiro foi titular na partida desta quarta-feira contra o São Raimundo. Após a Copa do Brasil, o Boa Esporte já foca suas atenções no Módulo II do Campeonato Mineiro, onde estreia no dia 18 de fevereiro. Ele sabe o que a torcida espera do time.

– Obrigação não digo, mas a gente tem que subir de qualquer jeito, porque ano passado caiu, eu não estava aqui, não sei dizer o que aconteceu, mas este ano estou aqui e quero fazer de tudo para o Boa subir e se Deus quiser, com o título – completou Luan.

Fonte: Globo Esporte Sul de Minas

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *