Lasmar altera diagnóstico e recuperação de Neymar será mais longa; Brasileiro pode ficar de fora da Copa

Se até ontem não havia preocupação de Neymar ficar fora da Copa do Mundo, agora há. Com a nova informação do médico da Seleção Brasileira e do Atlético, Rodrigo Lasmar, responsável pela cirurgia que o craque do PSG fará para corrigir a fratura no quinto metatarso do pé direito, o tempo de recuperação do jogador subiu de dois para três meses.

Isso acontece, porque segundo Lasmar, a lesão do jogador é um pouco mais grave do que vinha sendo falado. Em entrevista a Globo, no desembarque do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, o médico disse que o craque não sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito, e sim uma fratura. Com isso, o prazo de recuperação, que poderia ser de dois meses, foi aumentado para de dois meses e meio a três.

Lasmar evitou dar um prognóstico específico sobre o tempo de recuperação do atleta, mas confirmou que com o novo prognóstico, a expectativa é que fique fora dos gramados entre dois e três meses. “Isso depende da individualidade do jogador. Depois da cirurgia, vamos acompanhar o passo a passo”, informou o médico da seleção brasileira.

Rodrigo também comentou sobre como o jogador está encarando esse momento complicado de sua carreira. “O Neymar está triste, mas entende que não tem outra alternativa agora. Ele vai se dedicar para estar bem o quanto antes. Vamos fazer o possível para que ele esteja pronto o mais rápido possível”, concluiu o médico.

Com isso, caso tudo corra como o esperado, Neymar só estaria completamente recuperado no início do mês de julho, e não teria nenhuma partida para se testar antes da Copa do Mundo da Rússia. A estreia do Brasil no Mundial está marcada para o dia 17 de junho, contra a Suíça.

Fonte: O Tempo / Foto: CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *