Justiça autoriza goleiro Bruno a participar de amistoso

O juiz Tarciso Moreira de Souza, da Vara de Execuções Penais de Varginha, autorizou o reeducando Bruno Fernandes das Dores de Souza a se deslocar até o município de Poços de Caldas, em 5 de outubro, com o objetivo de atuar em uma partida amistosa de futebol. O atleta poderá sair às 6h de sua casa e retornar, em caráter excepcional, às 21h.

Para deferir o pedido, que foi formulado pela defesa do jogador, o magistrado levou em conta o parecer favorável do Ministério Público.

Desde 19 de julho de 2019, o atleta cumpre pena em regime semiaberto, sob a modalidade domiciliar, por ter sido condenado em júri popular. No julgamento, ele foi considerado responsável pelo assassinato da ex-modelo Eliza Samúdio.

O ex-goleiro já cumpriu mais de nove anos, o que corresponde a aproximadamente 44% de sua pena (20 anos e nove meses).

Amistoso

A diretoria do Poços de Caldas Futebol Clube definiu que o goleiro Bruno e todo o elenco já contratado serão apresentados para a imprensa no sábado (5), às 10 horas, no CT de Clube. No mesmo dia, às 15h, haverá a apresentação para a torcida, durante amistoso com a equipe de Juruaia no estádio Bandolão. Os ingressos vão custar dez reais.

Contratação

O Poços de Caldas, também chamado de Vulcão, anunciou a contratação do goleiro Bruno no final de agosto. O atleta segue rotina de treinamentos em Varginha, onde mora e cumpre regime domiciliar de prisão. A equipe vai disputar a segunda divisão do campeonato mineiro do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *