Guerra pode ser o reforço do Palmeiras em Guayaquil

Substituído no meio de semana após acusar dores, Alejandro Guerra voltou a trabalhar com o restante do elenco do Palmeiras na manhã desta segunda-feira, dois dias antes do jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil, no Equador.

Guerra se exercita com Raphael Veiga no treino desta segunda
Foto: Tossiro Neto

O meia venezuelano tinha uma inflamação no tendão do quadril e estava em tratamento desde a quinta-feira passada, dia seguinte ao empate com o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

No sábado, ele já seria desfalque diante do Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Na reapresentação do elenco, nesta segunda-feira, ele e os demais jogadores que não atuaram ou não foram titulares no Pacaembu trabalharam com bola na Academia de Futebol.

Ao longo da atividade, Guerra não se queixou de nenhum desconforto, mostrando estar recuperado. O meia deu carrinhos, disputou bolas pelo alto e correu aparentemente sem restrições.

Se não se queixar de dores, ele deverá ser titular na quarta-feira, contra o Barcelona, em Guayaquil. A delegação palmeirense viaja nesta segunda-feira ao Equador, onde encerrará a preparação.

Ainda nesta segunda-feira, o clube enviará à Conmebol pedidos de troca na lista de inscritos para a Libertadores. O regulamento permite máximo de seis substituições até o jogo de volta das oitavas. Quatro vagas devem ficar com os reforços recém-contratados: Mayke, Luan, Juninho e Bruno Henrique.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *