Galo reencontra coincidências em eliminação precoce, mas busca fim diferente no Brasileiro

20150826231728270005eO Atlético volta a viver uma situação que passou em 2009 e 2012, anos em que disputou o título brasileiro com boas chances, principalmente na temporada em que Ronaldinho Gaúcho comandou o time. Uma coincidência marca as campanhas. Assim como nas duas ocasiões, o Galo caiu nas oitavas de final da Copa do Brasil. Porém, agora, depois do revés para o Figueirense, o Alvinegro quer mudar o final da história e conseguir o caneco que não vem desde 1971.

O técnico Levir Culpi exaltou o empenho da equipe em Florianópolis após a derrota por 2 a 1 nessa quarta-feira. O comandante quer usar o pensamento exclusivo no Brasileiro para levar o Galo à conquista.

“Então, acabou a Copa do Brasil. Só foco no Brasileiro agora”, resumiu o técnico.

Em 2009, o Atlético saiu para o Vitória, nos pênaltis, no Mineirão. Já o time de 2012 caiu para o Goiás, no Independência. Nessa época, Ronaldinho ainda não atuava pelo clube e a equipe ganhou outra cara durante o Brasileiro.
O discurso dos jogadores também foi no sentido de recuperação. Edcarlos e Marcos Rocha destacaram a necessidade de erguer a cabeça. No domingo, o Atlético joga pelo Nacional contra o Fluminense, no Maracanã.

A arrancada do Galo no segundo turno começou diante do Palmeiras, no Independência. Quatro pontos atrás do Corinthians, o Atlético tem que manter o bom aproveitamento para se aproximar do rival. Em 2012, a escassez de vitórias como visitante, no returno, impediu a conquista do título. Este ano, o time de Levir Culpi tem atuado bem fora de BH, mas tropeçou em alguns jogos fundamentais como mandante.

Assim como o Atlético, o Corinthians caiu para o Santos na Copa do Brasil e focará apenas no Brasileiro. O Grêmio aparece como terceiro candidato ao título.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *