Futebol Feminino Sub-17 da Semel jogou no Melão; CSul falou com exclusividade com a atacante Nágela Marçal

Foi um sonho realizado por muitas meninas jogadoras de futebol de campo da Semel Varginha, pisar pela primeira vez no gramado do melão e jogar uma partida de futebol naquele local. Foi um tabu quebrado, que na maioria das vezes era mais frequentado por equipes masculinas. Como disseram os treinadores das meninas, José Lourenço e Wendel de Oliveira, a partir daí as portas estão abertas para que o futebol feminino cresça com sabedoria e maestria, participando de campeonatos de altíssimo nível técnico, para que nossas atletas adquiram mais e mais experiência.
Voltando a falar do jogo do último sábado (7), a adversária de Varginha foi a equipe adulta de Boa Esperança, uma equipe já bastante tarimbada no meio esportivo Sul M, que batalhou muito para vencer nossas meninas do Sub-17 por 3 x 0. O emocional de muitas jogadoras estava a mil por hora, pois sabiam que fizeram um grande jogo, dando muito trabalho ao adversário. Nosso time foi a campo com a seguinte formação: Rayssa, Kathen Reis, Amanda, Gisele, Camily, Letícia, Isabela, Mikaeli, Maria Eduarda, Cecília e Ana Claudia. Ainda fizeram parte da equipe: Milena, Lívia, Fabiana, Lavínia, Fabíola, Kathilin e Nágela.

CSul em ‘campo’

O CSul em contato com Nágela Marçal, atacante da equipe Sub-17 da Semel, conversou sobre qual foi a sensação de ser a primeira equipe feminina a jogar no Melão. “Para mim foi uma experiência incrível, estar jogando no Melão como a primeira equipe feminina a conseguir esse mérito. Jogar ao lado da minha irmã (Mikaeli Marçal), sempre é um prazer, ela sempre foi minha parceira em tudo.” disse Nágela.
A atacante ainda falou sobre o time e o tempo em que a equipe vem treinando, “Somos um time novo, um time que treina há quase seis meses, eu só entrei no time há duas semanas. O time tem meninas mais novas e que estão aprendendo agora, mas de qualquer forma conseguimos colocar em prática tudo que os treinadores ensinaram.”
Nágela também falou sobre a experiência de jogar com um time mais experiente, “jogamos contra um time experiente, de meninas mais velhas, perdemos por falta de condição física e também falta de experiência em disputas.”
A atacante concluiu dizendo que o próximo ano traz novas oportnidades, “em 2020 vamos ter novas oportunidades e com certeza voltaremos com mais determinação.”.
Os gestores, aqueles que comandam o futebol Feminino de Varginha, Professores Wendel, Lourenço e Alexie, estiveram no final da semana passada em Belo Horizonte participando de um seminário da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) de futebol feminino com a presença de várias jogadoras de seleção e renomados técnicos de equipes feminina do pais. “O conhecimento foi enorme e a abertura de leques dessa modalidade que cresce dia a dia no Brasil e no mundo, quebrando paradigmas e alavancando para o sucesso, prova disso, é que poderemos em breve realizar competições ou torneios de futebol feminino em Varginha e participar de competições em outras cidades e estados”, disseram.
O público presente no Melão aprovou e aplaudiu as meninas de Varginha e já espera com ansiedade mais uma partida.

Interessadas

Você que gosta de futebol de campo e quer participar do time feminino da Semel – Varginha, procure a Secretaria Municipal Esporte – Semel, e faça sua inscrição e aguarde pela chamada.
É importante lembrar que a realização é da Prefeitura de Varginha, através da Semel e com apoio da Câmara de vereadores.

Fonte: Semel e Redação CSul: Franciele Brígida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.