Fred informa ao Fluminense que não joga mais pelo clube

O atacante Fred não jogará mais pelo Fluminense. O experiente jogador, de 32 anos, ligou na manhã desta quarta-feira e avisou ao presidente Peter Siemsen que não vestirá mais a camisa do clube carioca. O Tricolor admite liberar Fred mediante indenização ou envolvendo troca de jogadores. Siemsen informou ao atleta que não pagará parte do alto salário de R$ 800 mil se ele deixar a equipe. Os custos serão bancados na íntegra pelo novo time do atacante.

Com contrato com o Fluminense até dezembro de 2018, Fred treinará à parte até resolver o impasse sobre a sua carreira. Ele se desentendeu com Levir Culpi e disse que não trabalhará mais com o treinador. O Atlético é um dos interessados em contar com o futebol do jogador. De olho na situação do atacante, o Galo pode compor o negócio com o Fluminense envolvendo outros jogadores. Carlos e Dátolo são os preferidos da equipe carioca. O meia argentino, inclusive, foi o armador escolhido por Levir para substituir Diego Souza, que deixou as Laranjeiras para voltar ao Sport.

O Cruzeiro também sondou a situação de Fred. A diretoria celeste queria que o Fluminense emprestasse o jogador e pagasse parte dos salários. O negócio não evoluiu e diretores do Cruzeiro, nos bastidores, dizem que abandonaram as tratativas.

Em contato com o Superesportes, a diretoria carioca diz que não negocia com nenhum clube, mas deixou o futuro de Fred nas mãos dele. Peter Siemsen explicou a situação de Fred à reportagem, na manhã desta quarta-feira, por telefone. “Nem tem contato de clube para clube (entre Fluminense e Atlético). É o Fred quem cuida da vida dele.” Questionado sobre a possível transferência do atacante para o Atlético, o mandatário respondeu: “Quem tem que responder isso é o Fred. Ele vai resolver”, resumiu. O dirigente não quis falar sobre o possível interesse em atletas do Galo para uma eventual troca.

O estafe de Fred e a diretoria do Fluminense já se reuniram em duas oportunidades, no último sábado e na segunda-feira. Nos encontros, contudo, não houve entendimento. Por sua vez, o clube carioca informou que não trocará o comando técnico, mas que, mesmo assim, gostaria de seguir contando com o atacante no elenco.

A negociação para a saída do atacante do Fluminense é comandada por Rodrigo Chaves, irmão do jogador, e pelo assessor, Francis Melo. A reportagem entrou em contato com ambos, mas não foi atendida. A chegada do jogador à Cidade do Galo, porém, estaria condicionada a uma redução salarial. O presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, não atendeu as ligações.

Interesse antigo

Em fevereiro, o presidente Daniel Nepomuceno tentou a contratação do atacante Fred para substituir o argentino Lucas Pratto, que negociava com o futebol chinês.  O clube alvinegro iniciou conversas com os representantes do centroavante, com passagens por América, Cruzeiro e Seleção Brasileira. O negócio não evoluiu. Desta vez, contudo, o Galo voltou à carga para ficar com o atacante e as chances do acordo cresceram nos últimos dias.

Fred diz que não trabalha com Levir e deve deixar o Fluminense; Atlético tenta viabilizar contratação
Fred diz que não trabalha com Levir e deve deixar o Fluminense; Atlético tenta viabilizar contratação

Fonte: SuperEsportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *