Fábio explica gol de empate do Vasco no Mineirão e nega falha: “Não tinha o que fazer”

O Cruzeiro vencia o Vasco por 2 a 1 até os 35 minutos do segundo tempo, quando Rafael Silva, de cabeça, empatou para a equipe carioca. No lance, Fábio observou a bola encobri-lo e cair no canto direito. Para o goleiro cruzeirense, não houve falha.

“A bola foi meio alta (após o toque de cabeça do atacante Rafael Silva) e, quando caiu, foi nas minhas costas. Não tinha o que fazer na hora ali, não”, afirmou o camisa 1 do Cruzeiro.

Embora tenha negado falha individual no segundo gol marcado por Rafael Silva nessa quarta-feira, Fábio atribuiu a erros as últimas vezes em que a equipe foi vazada. “Os gols que estão saindo são de detalhezinhos, falta de atenção e felicidade dos jogadores adversários”, analisou.

Pelo segundo jogo consecutivo no Mineirão, o Cruzeiro perdeu pontos com gols sofridos no fim. Na rodada anterior, Carlos empatou para o Atlético aos 43 minutos do segundo tempo.

Agora, a equipe celeste tentará reencontrar o caminho das vitórias em jogo como visitante. No domingo, às 18h30, o Cruzeiro enfrentará a Chapecoense, na Arena Condá.

20150917013808442690i

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *