Em noite de quatro empates, Cruzeiro é único a vencer e entra no G-6

Equipe de Mano Menezes venceu o clássico contra o Coelho, de virada, e assumiu a sexta colocação

A 13ª rodada da série B se encerrou na noite desta quinta-feira (19), com quatro empates e a vitória do Cruzeiro pra cima do América. Com um sobe e desce na tabela, a parte de cima ficou embolada, enquanto a parte de baixo deixa os times ainda mais desesperados na luta contra o Z-4.

Vasco 1 x 1 Fluminense

Com um gol de Pedro no fim do segundo tempo, o Fluminense arrancou empate por 1 a 1 com o Vasco em São Januário, no Rio de Janeiro. Andrés Ríos abriu o marcador para o Cruz-Maltino, que chegou aos 16 pontos, um a mais que o Tricolor. Ambos, porém, seguem na parte intermediária da tabela de classificação. As duas equipes voltam a campo no próximo domingo às 16h. O Vasco recebe o Grêmio, novamente em São Januário. Já o Fluminense visita o Sport na Ilha do Retiro, em Recife.
Chapecoense 1 x 1 Bahia
Vivendo situações parecidas no Campeonato, Chapecoense e Bahia se enfrentaram na Arena Condá, para tentar se afastar dos últimos colocados. Em partida com poucas chances de gol, as duas equipes aproveitaram uma única oportunidade e empataram por 1 a 1, resultado ruim para ambos os times que permanecem na parte de baixo da tabela. O Bahia é o primeiro na zona de rebaixamento com 13 pontos. Na próxima rodada o time baiano terá o clássico contra o Vitória, no domingo (22), às 16h, na Fonte Nova. a Chape recebe o Santos na Arena Condá, também no domingo (22), às 19h.
Santos 1 x 1 Palmeiras
Santos e Palmeiras fizeram um clássico de dois tempos completamente distintos no Pacaembu. Quando foi superior, no primeiro tempo, os palmeirenses saíram na frente com gol de Lucas Lima. Na etapa final, os santistas melhoraram, aproveitaram o cansaço do rival e deixaram tudo igual graças ao zagueiro Gustavo Henrique. O resultado acabou não sendo bom para nenhum dos dois. O time de Jair Ventura segue perto da zona do rebaixamento, com 14 pontos, apenas um à frente do Bahia, primeiro integrante da zona da degola. Já a equipe comandado pelo técnico Roger Machado perdeu a oportunidade de se aproximar dos primeiros colocados. Está na sétima posição, com 20. Os dois técnicos seguem ameaçados no cargo e com pressão da diretoria e torcida. Os times voltam a campo no próximo domingo (22). O Santos vai até a Arena Condá, em Santa Catarina, para enfrentar a Chapecoense, às 19h. O Palmeiras joga um pouco mais cedo, às 16h: recebe o Atlético-MG, no Allianz Parque, em São Paulo.
Atlético-PR 2 x 2 Internacional
Não foi dessa vez que o Atlético-PR reencontrou o caminho da vitória ao ficar no empate em 2 a 2 diante do Internacional, na Arena da Baixada, aumentando seu jejum no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Furacão segue na zona de rebaixamento, mas agora na 18ª colocação, com 10 pontos. Já a equipe gaúcha é a quinta colocada, com 23 pontos. O Colorado abriu a contagem aos 12 minutos da etapa inicial, com William Pottker aproveitando uma saída errada de Santos e um toque no braço. Raphael Veiga deixou tudo igual, aos 43 minutos. Depois o intervalo, Paulo André decretou a virada, aos 13 minutos. Mas Wellington Silva empatou aos 32 minutos. Na próxima rodada, o Atlético-PR enfrenta o Cruzeiro, domingo (22), no Mineirão, em Belo Horizonte. Já o Internacional encara o Ceará, segunda-feira (23), no Beira-Rio, em Porto Alegre.
Cruzeiro 3 x 1 América
No único jogo com resultado diferente de empate, o Cruzeiro decretou o fim do jejum de vitórias. Depois de três jogos sem resultados positivos no Brasileiro (uma derrota e dois empates), o Cruzeiro virou sobre o América no Mineirão, e voltou para o caminho dos triunfos na competição nacional. Depois de ver Christian aproveitar falha de Dedé e abrir o placar para o Coelho, o time celeste contou com o talento de Arrascaeta para empatar e gols de Robinho e Raniel para construir o placar de 3 a 1. Com o resultado, o Cruzeiro ganhou duas posições e terminou na sexta colocação, com 21 pontos, já dentro do G-6. O América, que chega ao quarto jogo sem vitória na Série A, caiu três posições e é o novo 16º colocado, com 14 pontos.
Apesar de ter a vitória praticamente definida já aos 19 do segundo tempo, o Cruzeiro não diminuiu o ímpeto e seguiu liderando as principais chances de ataque. Desorganizado, o América viu Thiago Neves finalizar com perigo, aos 31, e Robinho quase marcar dois minutos depois, aos 33, quando Robinho aproveitou assistência e por pouco, de dentro da área, não acertou o ângulo de João Ricardo. A bola também não entrou em tentativas seguintes, mas a vitória celeste ficou assegurada mesmo assim.
Dando sequência à maratona de compromissos, o Cruzeiro agora receberá o Atlético-PR no próximo domingo (22), às 19h, no Mineirão.  O América visita o Paraná no Durival Britto, também no domingo (22), mas às 16h.

Confira classificação e jogos da 14ª rodada

Com informações de Super Esportes / Redação CSul – Iago Almeida 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *