Dudu, David Neres e Willian são opções de Tite para o lugar de Vinicius Junior na Seleção

Tite tem três favoritos para substituir Vinicius Junior, lesionado, nos amistosos da seleção brasileira contra Panamá e República Tcheca, nos dias 23 e 26 de março, respectivamente. Nos próximos dias, ele e sua comissão técnica irão cortar oficialmente o atacante do Real Madrid e optar por um desses três: Dudu, do Palmeiras, David Neres, do Ajax, ou Willian, do Chelsea.

Vinicius Junior foi convocado pela primeira vez, mas sofreu uma ruptura de ligamentos no tornozelo direito durante a derrota do Real Madrid por 4 a 1 para o Ajax, que custou a eliminação na Champions League.

Embora seu clube não cite prazo de recuperação, a imprensa local estima em dois meses. O jovem de 18 anos, então, teria mínimas chances de ir à Copa América, já que voltaria a jogar somente no início de maio, poucos dias antes da convocação para o torneio.

Vinicius era o único estreante da Seleção numa lista que indicou disposição de Tite em observar mais alternativas antes de definir o grupo que tentará reconquistar o continente depois de 12 anos – o último título foi em 2007.

Se essa tendência for mantida na escolha do substituto, Dudu e David Neres têm mais chances. Caso decida recorrer a uma opção já habituada ao seu grupo, Willian será chamado.

Veja abaixo a situação de cada um na avaliação da Seleção:

Dudu (Palmeiras)

  • 27 anos

Na Seleção com Tite:

  • 1 jogo
  • 1 gol
  • 81 minutos

Embora seja um dos maiores destaques do Palmeiras, eleito o melhor jogador do último Campeonato Brasileiro, não empolga a Seleção. Na avaliação da comissão, suas características e as de sua equipe não se encaixam com as funções que ele teria de executar se fosse convocado. Porém, a boa fase já duradoura pode pesar a seu favor.

David Neres marcou um dos gols do Ajax sobre o Real Madrid — Foto: REUTERS/Sergio Perez
David Neres marcou um dos gols do Ajax sobre o Real Madrid — Foto: REUTERS/Sergio Perez

David Neres (Ajax)

  • 22 anos

Na Seleção com Tite:

  • Nunca foi convocado

Destacou-se, inclusive com um gol, justamente na vitória sobre o Real Madrid em que Vinicius se machucou. Pela idade, é um dos observados pela comissão técnica desde o fim da Copa do Mundo de 2018. Pesa contra ele o menor nível técnico da liga holandesa em comparação a outras europeias. Se Tite desejar manter a observação de jovens nesses amistosos, é o mais indicado.

Willian já é veterano na Seleção: disputou duas Copas do Mundo — Foto: Reuters/Andrew Couldridge
Willian já é veterano na Seleção: disputou duas Copas do Mundo — Foto: Reuters/Andrew Couldridge

Willian (Chelsea)

  • 30 anos

Na Seleção com Tite:

  • 27 jogos
  • 2 gols
  • 7 assistências
  • 1.567 minutos

Segundo jogador com maior número de partidas sob comando de Tite – Coutinho soma 28 –, Willian é a bola de segurança numa posição que tem ainda Neymar e Douglas Costa, ausentes da última lista por lesão, numa “lista preferencial”. Sem conseguir repetir a boa temporada que antecedeu a Copa do Mundo, ele acabou ficando fora para que a Seleção antecipasse a busca por novos atacantes de lado.

Fonte: Globo Esporte / Foto: Flavio Florido/BP Filmes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *