Cruzeiro x Corinthians – Duelo para abrir vantagem pelo título e por R$ 50 milhões

Equipes iniciam hoje a finalíssima da Copa do Brasil 2018, buscando além do título, uma bolada de R$ 50 milhões. Enquanto a raposa busca o sexto título para se tornar o maior campeão da competição (atualmente está empatado com o Grêmio, com 5 taças), o timão quer seu quarto título para dar tranquilidade à torcida e não terminar o ano de forma trágica, sem nenhum caneco.

Para tal feito, as equipes terão dois jogos, com o primeiro acontecendo nesta quarta-feira (10), Às 21h45, no Mineirão. Com a casa cheia, os mandantes buscarão pela primeira vez um bom resultado em casa em mata-matas, onde até agora, mesmo conseguindo todas as classificações, não conseguiu vencer.

Arrascaeta é o maior desfalque para o Cruzeiro, já que o jogador está convocado pela seleção Uruguaia para amistosos. Fábio e Cássio são os destaques do jogo, vindo de boas fases com as equipes.

Substituto de Arrasca

Rafinha deve assumir a vaga do artilheiro. Como rende mais pela direita, com exemplo do que aconteceu na Bombonera, no segundo tempo contra o Boca Juniors, quando rendeu mais depois que mudou de lado, Rafinha costuma alterar as peças em campo. Robinho é quem joga mais pelo setor. Assim, Robinho passa a jogar centralizado e Thiago Neves vai para o lado esquerdo. É claro que todos têm liberdade de movimentação e podem trocar de função para confundir a marcação.

Rafinha costuma substituir Arrascaeta / Foto: Guilherme Frossard

Casa cheia

Depois de vender todos os 54 mil ingressos colocados à venda, o Cruzeiro conseguiu liberar uma carga extra de 2.500 bilhetes. A expectativa é de que o clube possa bater o próprio recorde de clube no Mineirão nesta temporada. O maior público foi registrado na semana passada, quando 56.761 torcedores foram ao estádio para assistir ao empate do Cruzeiro com o Boca Juniors. O recorde do Mineirão desde que ele foi reaberto, foi estabelecido pelo Cruzeiro exatamente na final da Copa do Brasil do ano passado, com 61.146 torcedores.

Torcida vai lotar o Mineirão no jogo de ida da final da Copa do Brasil — Foto: Diogo Finelli
Bolada

O campeão da disputa vai embolsar R$ 50 milhões, fora os outros valores distribuídos ao longo da competição. O Cruzeiro pode chegar a R$ 73 milhões em ganhos com as competições na temporada. Com a taça e bônus milionário, o clube alcançaria uma quantia suficiente para pagar os empréstimos contraídos pela nova diretoria neste ano, logicamente se todo o dinheiro fosse revertido para isso.

Mano x Jair

Menos de um mês depois de assumir o Corinthians, Jair Ventura já chega a primeira final com o novo clube. O treinador da nova geração vai enfrentar um velho conhecido da torcida corintiana, Mano Menezes. “Especial enfrentar o Mano, um cara com uma história linda no Corinthians, que passou por seleção, China, um treinador consagrado. Estamos começando nossa carreira, falei que quem vencesse seria importante, eu ou Barbieri, que bom que chegou minha vez. Feliz, virar a chave para o Brasileiro e depois pensamos na final”, afirmou.

Fábio x Cássio

Os paredões vêm de boas fases pelos clubes. Enquanto Cássio foi para a Copa do Mundo, Fábio, que deveria ter uma chance também, vem fazendo defesas incríveis, principalmente de pênaltis, e ajudando a raposa nos caminhos das competições.

“No meu ponto de vista, as duas equipes, pela grandeza, pela tradição vencedora, zera tudo o que foi feito antes e são dois jogos nos quais as duas equipes têm de mostrar o melhor futebol. Quem tiver o melhor equilíbrio, fluir de uma forma mais equilibrada, com certeza vai conquistar o título” (Fábio)

“Na decisão, quem errar menos tem mais chances de sair vitorioso. São duas equipes de camisas, com grandes títulos, histórias. Quantos menos erros você tiver, mais efetivo for, maior a chance de ser campeão” (Cássio)

Fábio, do Cruzeiro, e Cássio, do Corinthians, conversaram com jornalistas na véspera do 1º jogo — Foto: Anselmo Caparica

Redaçao CSul – Iago Almeida / Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *