Cruzeiro sofre, classifica na Copa do Brasil e enfrenta o Boa Esporte na próxima fase

Redação Csul – Alisson Marques

O Cruzeiro sofreu mais do que o necessário no duelo contra o São Raimundo, na última quinta-feira (13), em Roraima. O time de Adilson Baptista se mostrava desligado, sentia dificuldades por conta do gramado e por pouco não se complicou na primeira fase da Copa do Brasil. No entanto, o 2 x 2 classificou os mineiros para a próxima fase.

O Jogo

Adilson mexeu na equipe, começou com Edu e Adriano de volantes e os contestados Alexandre Jesus e Roberson no ataque. O time da casa contava com a empolgação de sua torcida e a motivação de encarar uma grande equipe do futebol brasileiro.

Logo aos 26 minutos da primeira etapa, o zagueiro Veracruz abriu o placar para o São Raimundo após jogada irregular. O Cruzeiro reagiu rápido e empatou com Edu, aos 34.

No segundo tempo, a Raposa voltou melhor e mais focada para partida. Jhonata Robert deu lugar a Judivan, que em seu primeiro lance fez grande jogada, rolou para Maurício que cruzou para Alexandre Jesus só escorar com o gol vazio, era a virada do time celeste.

A partir da virada o Cruzeiro parecia controlar o jogo, no entanto aos 19 minutos o São Raimundo empatou a partida, com Stanley.

Adilson Baptista novamente mexeu mal, tirou Judivan que saiu lesionado e colocou o zagueiro Arthur. Dois minutos depois sacou Maurício e botou o jovem Pedro Bicalho. As mudanças recuaram o time de Belo Horizonte e chamou o clube da casa que saiu para o ataque. Edu já amarelado, fez outra falta e foi expulso à 10 minutos do fim. O São Raimundo se abriu e tentou encurralar o adversário, contudo o time de Adilson conseguiu se segurar e saiu de Roraima classificado.

Boa Esporte na próxima fase

O próximo adversário do Cruzeiro, será o Boa Esporte, em Varginha. O jogo será decidido em partida única, empate leva para os pênaltis. Duas datas foram estipuladas para à partida; 26/02 ou 04/03.

Campeonato Mineiro

O Cruzeiro volta a focar suas atenções para o Campeonato Mineiro. No próximo domingo (16), a equipe de BH enfrentará o Patrocinense, em Patrocínio. Para esse jogo Adilson Baptista deverá contar com os retornos de Éverton Felipe e Jadsom. Além dos dois jogadores, à torcida cruzeirense vive grande expectativa para ver seu ‘trio de ouro’ em campo, formado por Marco Antônio, Caio Rosa e Vinicius Popó. Apesar de serem destaque na base, os três jogadores tem tido poucas oportunidades entre os titulares. Vinicius Popó se quer jogou uma partida oficial em 2020. O atacante é a maior joia da base celeste, com mais de 100 gols marcados nas categorias inferiores.

Foto: Néia Dutra/FolhaBV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *