Cruzeiro ganha dois dias de folga antes de iniciar preparação para enfrentar o Bahia

Mano preparará o time a partir de quarta

Depois de empatar com o Flamengo por 1 a 1, no Maracanã, na última quinta-feira (jogo de ida da final da Copa do Brasil), e ganhar da Chapecoense por 2 a 1, na Arena Condá, nesse domingo (23ª rodada do Campeonato Brasileiro), o elenco do Cruzeiro terá dois dias de descanso antes de iniciar a preparação visando ao duelo com o Bahia. A partida acontece às 19h do próximo domingo, no Mineirão, pela 24ª rodada do Brasileiro.

O técnico Mano Menezes justificou a decisão de dar folga prolongada aos jogadores. Segundo ele, será uma boa oportunidade de os atletas ficarem próximos dos familiares e renovarem as energias para a reta final de temporada, que terá o confronto de volta da decisão da Copa do Brasil – contra o Flamengo, às 21h45 do dia 27, no Mineirão – como compromisso mais importante.
“Primeiro vamos descansar dois dias, que é necessário. Depois voltamos quarta-feira para trabalhar em dois turnos. Depois projetamos o jogo do Bahia, que é o nosso próximo jogo em casa. São semanas boas, é importante ter a possibilidade de recuperar mentalmente, descansar um pouco, ficar com a família, não se preocupar durante dois dias. Isso dá um ganho para quando retornarmos na quarta-feira. E para a gente que acredita muito em treinamento e trabalho, semana cheia é muito bom”.
Além de conquistar a Copa do Brasil, o Cruzeiro pretende cumprir bom papel na Série A, na qual ocupa a sexta posição, com 34 pontos – na zona de classificação à Copa Libertadores de 2018. Mano não quer que o time se descuide no campeonato nacional. “É o entendimento do momento da competição. A competição está boa para a gente, nós estamos no G6, mas é uma hora de não relaxar. Porque o fato de estarmos na final da Copa do Brasil pode fazer com que as coisas no Campeonato Brasileiro fiquem em segundo plano. A gente não pode deixar um campeonato tão difícil como esse em segundo plano”.
Na vitória sobre a Chapecoense, Mano deixou Hudson, Alisson, Thiago Neves e Rafael Sobis no banco de reservas. Contra o Bahia, ele pode poupar outros jogadores, casos do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do volante Henrique e do meia Robinho. O comandante almeja que o grupo chegue em sua melhor condição para a final diante do Flamengo.
“Estabelecemos uma programação do dia 27 para trás. O jogo mais importante que temos é o da Copa do Brasil, é a prioridade. Então nós vamos considerar sempre de lá para cá e por isso rodamos outros jogadores. Com o resultado podemos no jogo seguinte diante do Bahia fazer com outros jogadores isso que fizemos hoje (ontem, em Chapecó)”.

Fonte: Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *