Conmebol escala árbitros do Peru e do Chile para semifinais da Libertadores

A Conmebol divulgou nesta quinta-feira os trios de arbitragem – um do Peru e outro do Chile – e os responsáveis pelo árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês) das duas partidas da rodada de ida das semifinais da Copa Libertadores, que envolvem dois clubes brasileiros (Palmeiras e Grêmio) e dois da Argentina (Boca Juniors e River Plate).

Para o confronto entre Boca Juniors e Palmeiras, na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, a entidade escalou o chileno Roberto Tobar, que será auxiliado por Christian Schiemann e Claudio Rios. Julio Bascuñan, também do Chile, foi designado para a arbitragem de vídeo.

Em uma coincidência, Roberto Tobar foi o árbitro da primeira partida entre os dois clubes nesta Libertadores. Em 25 de abril, pela terceira rodada do Grupo H, Boca Juniors e Palmeiras se enfrentaram em Buenos Aires e o time brasileiro venceu por 2 a 0. Na ocasião, o trio chileno anulou dois gols da equipe argentina.

Já a outra partida semifinal, entre River Plate e Grêmio, terá arbitragem peruana comandada por Victor Carrillo. O VAR terá como responsável o uruguaio Leodan Gonzales. O duelo está marcado para terça-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio Monumental de Nunez, em Buenos Aires.

Copa Sul-Americana

A rodada de ida das quartas de final da competição será realizada na próxima semana e tem três clubes brasileiros na disputa. O Fluminense receberá o Nacional, do Uruguai, na quarta-feira, às 19h30, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, e o árbitro será o argentino Patricio Loustau.

No mesmo dia, às 21h45, o Bahia enfrentará o Atlético Paranaense, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A arbitragem será comandada pelo também argentino Fernando Rapallini.

Fonte: Super Esportes / Foto: Divulgação Conmebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *