Confira entrevista exclusiva com Clayton Junior, volante do São Luiz que disputa semifinal do Gauchão contra o Grêmio

O São Luiz está na disputa por uma vaga nas finais do Campeonato Gaúcho 2019. A equipe de Ijuí-RS empatou o primeiro jogo da semifinal contra o Grêmio em 0x0 e agora terá a chance de mostrar à torcida que pode ir além. A partida de volta acontece neste domingo (7), às 16h, na Arena do Grêmio.

Uma das principais contratações do time na temporada, o volante Clayton Junior é um dos líderes e destaque da equipe na competição estadual. O jogador foi apresentado em novembro de 2018 juntamente com o elenco para a temporada 2019. Na época ele mostrou entusiasmo e gratidão por fazer parte da equipe.

“Uma nova etapa, um novo desafio na minha carreira, e um mercado novo, afinal, depois de 10 anos voltando a jogar aqui no Rio Grande do Sul, onde já havia jogado no Caxias em 2008. Fui muito bem recebido pelo clube, diretoria, comissão técnica e jogadores. Uma estrutura boa, uma parceria com uma academia da cidade, e os trabalhos de campo muito bons. Comissão técnica tendo os cuidados com as individualidades dos atletas, fazendo trabalhos preventivos, físicos, e aprimorando a parte técnica. Enfim, uma semana muito produtiva. E agora é ir melhorando gradativamente a cada treinamento”, disse Clayton Junior na época.

O jogador contou com exclusividade ao CSul sobre a expectativa de chegar a final do campeonato e da difícil tarefa que o grupo terá pela frente. Além disso, o volante contou também por quais clubes já passou e sobre o início de sua carreira. Confira:

Lucas Dornelles/E.C. São Luiz

Entrevista exclusiva

O que falar da partida de ida da semifinal do Campeonato Gaúcho, em que vocês ficaram no empate com o Grêmio?
Fizemos uma ótima partida, bem organizados taticamente, fomos muito bem na parte defensiva e tivemos oportunidades pra abrir o placar, mas infelizmente não conseguimos fazer o gol.

Em sua opinião, com o empate no primeiro jogo, o São Luiz tem chances de passar pelo Grêmio e chegar a final?
É claro que estamos jogando uma semifinal de campeonato contra um dos grandes clubes do Brasil e sabemos das dificuldades que vamos enfrentar jogando na Arena do Grêmio. Independente se eles jogarem com o time titular ou reserva, tem o mesmo padrão e jogadores de muita qualidade. Acredito muito na nossa equipe, temos condições de fazer um grande jogo e passar pra final.

Qual sua expectativa para o jogo de volta?
A expectativa sempre é muito boa, principalmente pelo jogo que fizemos dentro de casa. É um novo jogo, uma nova história. Espero que possamos fazer o nosso melhor.

Como você avalia sua participação individual na competição?
Graças a Deus estou tendo uma sequência muito boa, muito regular. Agradecer a toda comissão técnica e ao professor Paulo Henrique pela oportunidade, e aos meus companheiros de trabalho, que me ajudam muito dentro de campo. Espero continuar contribuindo de alguma forma para alcançarmos nossos objetivos.

Nos conte um pouco sobre seu início de carreira, onde começou e por quais clubes já jogou?
Comecei nas categorias de base do XV de Piracicaba até chegar no profissional. Tive passagens pelo Caxias, Olímpia, União Barbarense, Palmeirinha, Barretos. Retorno ao XV de Piracicaba, onde jogo mais alguns anos e depois Mogi Mirim, Bragantino.

Lucas Dornelles/E.C. São Luiz

Redação CSul – Iago Almeida / Foto destaque: Lucas Dornelles/E.C. São Luiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *