Comercial-MS faz 2 a 1 e tira a invencibilidade da Caldense na Série D

caldenseO Comercial-MS bateu a Caldense por 2 a 1 na tarde deste domingo (16), em Poços de Caldas, e derrubou a invencibilidade da Veterana na Série D do Campeonato Brasileiro. O resultado também faz com que a equipe de Mato Grosso do Sul siga sonhando com a classificação. Os gols da partida foram marcados por Fágner e Andreson para o Comercial-MS e Tiago Bernardi para a Caldense.

Com o resultado, a Caldense cai para a 2ª posição no Grupo 5 da Série D do Brasileirão com 10 pontos ganhos, empatada com o Rio Branco-ES, que leva vantagem no saldo de gols. Já o Comercial-MS chega a 4 pontos e encosta no Operário VG, mas leva desvantagem também no saldo de gols.

Na próxima rodada, o Comercial-MS recebe o Operário VG no Estádio das Moreninhas no sábado (22), às 16h, em jogo de vida ou morte na competição. Já a Caldense folga na 7ª rodada e só volta a campo daqui a duas semanas, no dia 29, na Arena Pantanal, contra o mesmo Operário VG.

Quem não faz….. leva!
A Caldense até poderia ter aberto boa vantagem no primeiro tempo. No entanto, a equipe esbarrou na má finalização do ataque, que até agora nesta Série D, marcou apenas 1 gol. Em cinco minutos, a Veterana perdeu três chances claras de gol com Tiago Bernardi, Maranhão e Careca. Como no futebol existe aquela velha máxima de que quem não faz, leva, não foi diferente. Um minuto depois Adriano achou Fágner livre na área para fazer o primeiro do Comercial-MS.

Neguete ainda salvaria mais uma chance do Comercial-MS ampliar antes de Tiago Bernardi, o zagueiro artilheiro, subir na área após cobrança de falta e empatar para a Veterana, aos 42 do 1º tempo.

Caldense sem inspiração e Comercial-MS fatal!
Com o empate na mão, o técnico Eugênio Souza fez logo duas alterações na volta do segundo tempo. Com isso a Caldense foi para cima, certo? errado. O time não se encaixou e o Comercial-MS tratou de aproveitar. Aos 10, Tanque ficou pedindo pênalti após choque com Tiago Ulisses na área. Aos 25, Careca perdeu nova chance pra Caldense ao não aproveitar cruzamento de Jéfferson Feijão. E como quem não faz leva, um minuto depois Andreson apareceu em bate-rebate na área para fazer o segundo do Comercial.

Com a Caldense entregue em campo, o Comercial ainda teve chances de fazer mais com Neguete sendo exigido e Rodolfo perdendo com o gol aberto. Melhor para a Caldense, que com 10 em campo após lesão de Mineiro e sem forças, torcia mais é para o jogo acabar desse jeito mesmo. Final, 2 a 1 Comercial-MS, que segue firme na briga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *