Com exceção do Atlético-MG, brasileiros avançam às oitavas da Libertadores

Cruzeiro sofre duas derrotas em um dia e deixa o Palmeiras avançar como melhor colocado geral da competição; Sorteio da próxima fase será na segunda-feira a noite

As equipes brasileiras avançaram para as Oitavas de Final da Libertadores, com exceção do Galo que acabou eliminado na primeira fase. O Flamengo, equipe que tinha a situação mais complicada, contou com a ajuda do saldo de gols e da ineficiência do Peñarol para chegar à próxima fase da competição. Já o Cruzeiro, que sequer havia levado gols no torneio internacional, perdeu em casa para o fraco Emelec e não alcançou o topo da classificação geral. Quem aproveitou foi o Palmeiras que poderá decidir em casa as fazes seguintes.

Para a próxima fase da Libertadores, em julho, o regulamento permite a inscrição de cinco novos jogadores.

Os brasileiros na fase de grupos da Libertadores:

Clube Pontuação Vitórias Empates Derrotas Saldo
Palmeiras 15 5 0 1 12
Cruzeiro 15 5 0 1 9
Inter 14 4 2 0 5
Flamengo 10 3 1 2 6
Grêmio 10 3 1 2 4
Athletico-PR* 9 3 0 2 6
Atlético-MG 6 2 0 4 -4

Palmeiras

Uma das principais equipes da competição e que terminou em primeiro na classificação geral, o Palmeiras chega forte para as fases seguintes. O San Lourenzo ajudou, com um frango do goleiro no gol palmeirense, mas a equipe de Felipão soube administrar o resultado para comemorar ao final. Os grandes jogos da equipe, principalmente nesta temporada, têm sido exceção. Geralmente faltam jogadas bonitas – entenda “bonitas” basicamente por jogadas que envolvam o rival – e sobram chutões. A melhor defesa da Libertadores até aqui é do verdão, com um único gol sofrido.

Marcos Ribolli

Cruzeiro

Após cinco vitórias, o Cruzeiro não conseguiu se manter 100% na última partida e acabou derrotado para o Emelec por 2×1. Aos 44 minutos, Edílson cometeu o pênalti que tirou a raposa da ponta da classificação geral da competição. Com 15 pontos, cinco vitórias e uma derrota, a equipe ficou em segundo lugar geral e, se não enfrentar o Palmeiras, decidirá em casa seus jogos.

Certo é que com um dos melhores elencos do país, Mano Menezes poderá brigar, juntamente com a equipe, pelo título da competição. Fred, Thiago Neves, Rodriguinho, Dedé, Fábio, Edílson, Romero, nomes que poderão se destacar durante o mata-mata da competição.

Vinnicius Silva/Cruzeiro

Internacional

Além da terceira melhor campanha geral na Libertadores e o primeiro lugar no Grupo A, o Inter pode se orgulhar de outro feito na fase de grupos das Libertadores. O time gaúcho é o único clube brasileiro ainda invicto na competição. Em seis jogos, o time de Odair Hellmann somou quatro vitórias e dois empates. Rafael Sóbis e Guerreiro são armas para a equipe continuar no patamar de uma das melhores equipes do país em 2019. Inter chega fortíssimo.

Ricardo Duarte / Inter, DVG

Grêmio

O Tricolor Gaúcho foi o segundo do Grupo H, com 10 pontos. Também já com um trabalho duradouro do técnico Renato Gaúcho, o Grêmio fez uma campanha de recuperação na chave, vencendo os três últimos jogos e mostrando a força do time, que conta com Luan, Everton, Geromel, Kannemann e outros importantes atletas. Tá certo que a equipe sofreu no começo da competição, assim como vem sofrendo no início do Brasileirão, mas é outra equipe a chegar forte para a próxima fase.

Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Atlhetico

A equipe do furacão merece respeito pela fase que vem fazendo na competição e nos últimos anos. Após conquistar a Sul-Americana em 2018, ser campeão estadual em 2019 e vencer o Boca Juniors por 3×0, em casa, a equipe surgiu como surpresa e favoritismo à classificação. A única coisa que precisa melhorar e que pode acarretar na eliminação nas próximas fases é a vitória fora de casa. Tiago Nunes está a frente da equipe que ainda não venceu longe de seus domínios em 2019. Foram um empate (Chapecoense) e três derrotas (Tolima, Jorge Wilstermann e Fortaleza) como visitante. ‘A surpresa pode continuar nos surpreendendo’.

Albari Rosa/Gazeta do Povo

Flamengo

Foi no sufoco, na raça. Eque sufoco. O Flamengo sofreu com a noite pouquíssima inspirada dos atacantes e com a correria do Peñarol, mas conseguiu se classificar e deixou a vida de Abel Braga mais aliviada, pelo menos por enquanto. Mostrando que está sim forte na competição, a equipe carioca empatou com o Peñarol na última rodada, por 0x0, e se classificou como primeiro da chave, graças aos critérios de desempate. Pará, infantil, quase coloca tudo a perder após duas faltas cometidas e dois amarelos recebidos, o que o colocou pra fora do jogo mais cedo. O Flamengo planeja qualificar o elenco em posições ainda carentes. A ideia é dar novas peças e mais opções a Abel Braga.

Alexandre Vidal / Flamengo

Sorteio

Na próxima segunda-feira (13), à noite, em Assunção, a Conmebol sorteará os confrontos da fase de mata-mata. As equipes que terminaram a primeira fase em 1° estarão em um pote, enquanto as que terminaram em em 2º estarão em outro.

Pote 1

Palmeiras
Cruzeiro
Internacional
Cerro Porteño
Libertad
Flamengo
Athletico-PR ou Boa Júniors
1º do Grupo C

Pote 2

Grêmio
River Plate
Emelec
LDU
Nacional-URU
San Lorenzo
Athletico-PR ou Boa Júniors
2º do Grupo C

*** Athletico-PR e Boca Juniors se enfrentam nesta quinta-feira (9), às 21h30 (de Brasília), na Bombonera, em Buenos Aires.
*** No Grupo C, Olímpia, Universidad Concepción e Godoy Cruz disputam a classificação também nesta quinta-feira, às 19h15.

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: EFE/ Marcos Pin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *