Cartada final – América tem confronto direto com Fluminense pela permanência na Série A

Após um ano conturbado, de altos e baixos, o América escreve a última página do ano de 2018 neste final de semana. A equipe tem confronto direto contra o Fluminense, no Maracanã, na luta contra a degola, para permanecer na Série A 2019. Uma simples vitória deixa o Coelho na primeira divisão.

Um dos responsáveis pela crescida da equipe nos últimos confrontos no campeonato, é o atacante Rafael Moura. Com um gol e uma assistência nos últimos quatro jogos, ele teve participação decisiva nas vitórias contra Santos e Bahia, que mantiveram o time vivo na briga contra a degola mesmo após uma sequência de 11 partidas sem vencer na competição.

“É sempre muito bom quando você consegue ajudar o time. Muitas vezes essa ajuda vem de diferentes formas, com o apoio no vestiário, a dedicação nos treinos, o incentivo aos companheiros, entre outras coisas. Mas, como um centroavante, é especial quando você consegue dar o auxílio aos seus companheiros com gols ou assistências, como aconteceu nas nossas últimas vitórias. Eu vim para o América porque sabem da minha qualidade e confiam no que posso apresentar dentro de campo e, assim como quis durante toda a temporada, tenho como objetivo fazer a diferença para a equipe neste jogo decisivo”, disse Rafael Moura.

O adversário da última rodada, o Fluminense, vive uma crise que parece não ter fim. Eliminado da Sul-Americana após duas derrotas por 2×0 para o Atlético Paranaense, a equipe demitiu o técnico Marcelo Oliveira. O tricolor também está sem conseguir marcar gols e vencer, há oito partidas, record negativo em sua história.

Diante da situação, o América apresentará as cartadas finais no confronto, buscando vencer o adversário e fazer a torcida sorrir novamente.

O técnico Givanildo Oliveira ganhou uma preocupação imensa para o duelo decisivo. O zagueiro Messias deixou o treino desta quinta-feira (29) mais cedo, após sentir dores na coxa esquerda e ser atendido pelo departamento médico ainda no gramado. O jogador, titular absoluto do Coelho, saiu nervoso, deu chute na placa de publicidade e precisou ser consolado por um dos médicos do clube.

O atacante Aylon, com entorse no tornozelo direito, e o meia Ruy, com dores na coxa direita, seguem em tratamento no departamento médico, assim como David. O lateral-esquerdo Giovanni e o atacante Robinho, que pertencem ao Fluminense e não poderão atuar no domingo, fizeram apenas trabalhos na academia.

Com isso, o América-MG deve entrar em campo com João Ricardo, Aderlan, Paulão (Messias), Matheus Ferraz e Carlinhos; Zé Ricardo, Juninho e Matheusinho; Marquinhos, Luan e Rafael Moura.

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Mourão Panda / América-MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *