Caldense mira boa campanha no Mineiro para garantir vaga na Quarta Divisão Nacional

O time de Poços de Caldas entra no Mineiro bastante modificado em relação ao que disputou a competição do ano passado e a Série D do Brasileiro. O objetivo principal é terminar entre os quatro melhores para garantir de novo vaga na Quarta Divisão Nacional.

Apenas três jogadores permaneceram: o zagueiro Marcelinho, o lateral-direito Feijão e o volante Mineiro. Do juniores foram incorporados o zagueiro Lazarini, o lateral-direito Tharsus e o atacante Carlinhos. Entre os reforços, os destaques são o armador Marcos Antônio, de 35 anos, e o atacante Neílson, de 30. O primeiro é naturalizado búlgaro. Começou no América e, na Bulgária, jogou em Belasitza, CSKA Sofia, Lokomotiv e Montana.

A preparação começou em 20 de novembro e foram feitos cinco amistosos, contra Red Bull Brasil-SP, São Bernardo-SP, XV de Novembro-SP, Desportivo Brasil-SP e Velo Clube-SP. Venceu dois e empatou três. “Nossos objetivos são terminar primeiro entre os oito melhores, para depois pensar em estar entre os quatro” diz Paulo Ney, gerente de marketing do clube.

Técnico: Zezito
Treinador de grande prestígio junto à torcida de Poços de Caldas, principalmente depois de ter levado a Veterana à conquista do título mineiro, em 2002.

5º colocado em 2017

Time-base: Omar; Feijão, Marcelinho, Robinho e Jonathan; Jean, Mineiro, Potita e Anderson Rosa; Carlinhos e Juninho

Destaque: Marcelinho
O zagueiro Marcelinho, de 34 anos, é o mais experiente do grupo. Está em sua quarta temporada pela Caldense. Já defendeu o América, no começo da carreira, e também jogou no Flamengo, tendo integrado o grupo campeão da Copa do Brasil’2006.

Fonte: Superesportes / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *