Caldense “acorda” no 2º tempo e bate o Tricordiano de virada no Ronaldão

A Caldense venceu o Tricordiano por 3 a 1, de virada, na noite deste sábado (27) em jogo válido pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Depois de jogar mal durante quase todo o primeiro tempo e o início do segundo, a Veterana precisou de apenas cinco minutos para virar a partida e ainda fez mais um no final. O Tricordiano, que até jogava bem, criando mais chances que a equipe da casa, saiu na frente, mas nem teve tempo de comemorar. Logo em seguida, já teve dois jogadores expulsos e foi pressionado pela Veterana.

Rafamar e Éwerton Maradona, duas vezes, marcaram para o time de Poços de Caldas. Rafael Estevam contra, após chute de Leandro Love, fez o gol do Tricordiano. Com o resultado, a Caldense chega aos 6 pontos ganhos na competição e agora ocupa a 8ª posição na tabela. Já o Tricordiano estaciona nos três pontos e cai para a 10ª colocação.

 

Na próxima rodada, a Caldense recebe o Cruzeiro, no domingo (6), às 18h30, no Ronaldão. Já o Tricordiano entra em campo já na quarta-feira (2), contra o Tombense, fora de casa, em jogo adiado da 3ª rodada.

Caldense x Tricordiano (Foto: Daniela Ayres)
Caldense x Tricordiano (Foto: Daniela Ayres)

Chato no começo, eletrizante no fim

Se os torcedores que foram asistir a Caldense x Tricordiano tivessem chegado apenas no 2º tempo no Estádio Ronaldão, não teriam perdido muita coisa. O primeiro tempo foi chato, truncado, deu sono. Pra não dizer que nada aconteceu, Leandro Love tentou colocar fogo na partida logo aos 3 minutos após desperdiçar lance para o Tricordiano em um bonito peixinho. A Veterana, que tentava se achar em campo, até tentou com Rafael Estevam batendo forte e com o goleiro Marcão se atrapalhando após bola de Maradona na área. Mas a etapa inicial, não passou disso.

Agora, quem viu o segundo tempo, aí sim, gostou demais! O Tricordiano voltou do intervalo disposto a resolver o jogo de qualquer jeito. Leandro Love, duas vezes e Diogo Capela, protagonizaram três lances de perigo em apenas 3 minutos. Leandro Love chegou a acertar a trave da Veterana. Era a pressão tricordiana que daria resultado, aos 17 minutos. O artilheiro do amor, Leandro Love, recebeu na área, fez um bonito giro e bateu. Rafael Estevam estava no meio do caminho e desviou para a própria rede. Estava na frente o Tricordiano.

Torcida do Tricordiano comparece ao Ronaldão (Foto: Daniela Ayres)
Torcida do Tricordiano comparece ao Ronaldão, mas equipe não evita derrota para a Caldense (Foto: Daniela Ayres)

Mas, como o jogo só acaba quando o árbitro apita, a Veterana foi pra cima com tudo. Três minutos após sofrer o gol, Bruno Moreno, do Tricordiano, meteu a mão na bola na área. O árbitro marcou o pênalti e expulsou o volante. Éwerton Maradona bateu com tranquilidade e deixou tudo igual no placar. Em ritmo alucinante, a Caldense viraria a partida cinco minutos depois. Tiago Azulão invadiu a área e achou Rafamar livre. O atacante, que tem estrela, subiu sozinho para desviar e virar para a Veterana: 2 a 1 Caldense.

Aos 34, o volante Álvaro, que já havia saído de campo pela Caldense, foi expulso no banco de reservas depois de ofender o bandeira. Já demonstrando cansaço com a virada inesperada, o Tricordiano ainda sofreu mais um baque. Aos 41, Gerson dividiu com Edu Silva e fez falta dura. Levou o vermelho e o Tricordiano ficou com 9 em campo. Desnorteado, a equipe de Três Corações nem teve tempo para se recompor. Um minuto depois, Maradona recebeu passe açucarado de Edu Silva e bateu de primeira para decretar a vitória. Final, 3 a 1 Caldense e a Veterana de volta ao páreo na competição.

Fonte: Globo Esporte/ Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *