Brasileirão retorna equilibrado: São Paulo troca de lugar com Galo e Ceará vence a primeira

No retorno da série A do Brasileiro, após a parada para a Copa do Mundo, cinco jogos aconteceram nesta quarta-feira (18), válidos pela 13ª rodada. Único visitante que levou a melhor foi o São Paulo. A equipe treinada por Diego Aguirre venceu o líder Flamengo, assumiu a vice-liderança e está a um ponto do rival. O Atlético Mineiro enfrentou o Grêmio no sul e foi presa fácil. Não conseguiu impor ritmo de jogo, deu espaços e acabou caindo para terceiro na tabela.

André Lima é festejado pelos companheiros depois de marcar o gol do triunfo rubro-negro no Barradão (Maurício da Mata/Vitória)

Vitória bate o Paraná

 

Em um duelo direto contra a zona de rebaixamento, o Vitória se deu melhor e venceu o Paraná Clube por 1 a 0, no Estádio Barradão, se afastando das últimas colocações. Com o resultado, o Leão chegou aos 15 pontos, na 12ª posição. Já o Tricolor é o 18º colocado, com 10 pontos ganhos. O Rubro-Negro abriu a contagem aos 34 minutos, com André Lima, que aproveitou rebote de bola na trave para empurrar para o fundo das redes. Depois do intervalo o time da casa recuou, mas conseguiu segurar o resultado.

Na próxima rodada, o Vitória enfrenta o Bahia, no domingo, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Já o Paraná Clube terá pela frente o América Mineiro, no mesmo dia, na Vila Capanema, em Curitiba.
Claudinei Oliveira sofreu com ausência de peças de reposição para tentar virada no placar (Paulo Paiva/DP)

Ceará vence o Sport

A primeira impressão deixada pelo Sport em campo é que a pausa para a Série A travou o time. Além de sentir a parte física no fim do confronto, os rubro-negros perderam o poder de fogo no ataque. Assim, apesar de ter maior posse de bola durante todo o confronto, foi incapaz de matar o jogo diante do Ceará, na noite desta quarta-feira, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. A consequência foi dura. A equipe agora está marcada como a que cedeu a primeira vitória para o Ceará no Brasileirão. Para um time que, mesmo com o triunfo, é ainda o lanterna da competição, com apenas oito pontos, e não vencia há 16 partidas na temporada.
 O resultado também mostra que o Sport perdeu força com as carências no banco de reservas. Com apenas uma contratação durante o período de recesso, não mostrou alternativas claras para ensaiar uma reação mais contundente, com exceção da entrada de Andrigo. Agora, o técnico Claudinei Oliveira tem a missão de montar o time para reagir diante do Fluminense, na Ilha do Retiro, no próximo do domingo. Por enquanto, o Rubro-negro fica estacionado nos 19 pontos.  O Ceará joga contra o Internacional, na segunda, no Beira Rio.
Rodriguinho abriu o placar com belo gol em Itaquera: Corinthians reage sob comando de Osmar Loss (Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Corinthians reencontra vitória contra Botafogo 

O Corinthians recomeçou o Campeonato com triunfo. Vindo de uma série de duas derrotas, para Bahia (1 a 0) e Flamengo (1 a 0), e dois empates, com Vitória (0 a 0) e Santos (1 a 1), antes de a competição entrar no recesso motivado pela Copa do Mundo da Rússia, o time de Osmar Loss reagiu e fez 2 a 0 sobre o Botafogo na noite desta quarta-feira, em Itaquera.
Conquistado com gols do meia Rodriguinho no primeiro tempo e do atacante Romero no segundo, o resultado fez o Corinthians alcançar os 19 pontos ganhos na tabela de classificação. O Botafogo ficou para trás, com 16.
Os Alvinegros paulista e carioca terão clássicos pela frente no sábado, contra rivais que disputam a liderança do Brasileiro. Enquanto o Corinthians irá ao Morumbi para enfrentar o São Paulo, o Botafogo jogará contra o Flamengo no Maracanã.
Everton é abraçado pelos companheiros: gol decisivo contra ex-time no Maracanã e vice-liderança (Rubens Chiri/SãoPaulo)

São Paulo bate Flamengo e é vice-líder

O São Paulo conquistou uma importante vitória durante a noite desta quarta-feira, no Maracanã. Em duelo entre dois postulantes ao título do Campeonato Brasileiro, o Tricolor não se intimidou diante do líder Flamengo e venceu pelo placar de 1 a 0, com gol de Everton, que fez valer a lei do ex.
Mas Everton não foi o único a ser decisivo na vitória são-paulina. Foi do estreante Joao Rojas, contratado junto ao Talleres-ARG durante a inter temporada, o cruzamento para o gol do meia-atacante. Já o flamenguista Paolo Guerrero, que atuou liberado pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), teve atuação apagada e foi anulado pela marcação rival.
Com o resultado, o São Paulo chegou aos 26 pontos e assumiu a vice-liderança do Brasileirão. O Flamengo, por sua vez, segue na primeira colocação, com 27 pontos, mas vê o clube do Morumbi se aproximar perigosamente.
Pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, ambos os times têm clássicos estaduais pela frente. O São Paulo recebe o arquirrival Corinthians no próximo sábado, às 21 horas (de Brasília), no Morumbi. No mesmo dia, mas às 19 horas, o Flamengo encara o Botafogo, no Maracanã.

Inofensivo, Atlético-MG é dominado pelo Grêmio

Na volta do Campeonato Brasileiro, o futebol do Atlético desapareceu. Desorganizado e inofensivo, o Alvinegro foi facilmente batido pelo Grêmio, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, em Porto Alegre, pela 13ª rodada da Série A. Os gols do Tricolor foram marcados por Bressan e André, ambos no segundo tempo. O time gaúcho ainda perdeu um pênalti com Luan, que chutou na trave.

O Atlético estreou cinco reforços nesse duelo e sentiu as mudanças em relação ao time que encerrou a primeira parte da temporada. Claramente, a equipe sofreu com a falta de entrosamento e pouco ameaçou os donos da casa. Pesou ainda a bola aérea do Tricolor, que marcou duas vezes de cabeça.

Com a derrota, o Atlético perde a vice-liderança para o São Paulo. O Galo poderia encostar no time carioca, mas segue quatro pontos atrás do Rubro-Negro. Já o Grêmio encosta no Galo. O Tricolor é o quarto, com 23 pontos, mesmo número do time mineiro, que leva vantagem por ter uma vitória a mais.
Na próxima rodada, o Atlético visita o Palmeiras, domingo, às 16h, no Allianz Parque. No mesmo dia e horário, o Grêmio visita o Vasco, em São Januário.
Fonte: Super Esportes / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *