Brasil e Argentina se enfrentam nesta sexta-feira

Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite têm planos diferentes para os dois últimos amistosos da Seleção no ano. Diante da Argentina, nesta sexta-feira, o Brasil irá a campo com o time considerado ideal no momento, sem Neymar, que se recupera de lesão na coxa esquerda. Já contra a Coréia do Sul, na terça-feira, a ideia da comissão técnica é “rodar” a equipe e aproveitar para fazer observações.

As duas partidas acontecem no Oriente Médio. A primeira na Arábia Saudita, às 14h (de Brasília), e a segunda em Abu Dhabi, às 10h30.

O planejamento para estes amistosos é diferente do habitual nas datas Fifa. Normalmente, Tite faz poucas – ou até mesmo nenhuma – modificações entre uma partida e outra. Desta vez, porém, o treinador quer dar mais tempo para alguns atletas e promover estreias de outros. Estes serão os últimos amistosos da seleção brasileira antes das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que começam em março.

Dentre os convocados, cinco nunca haviam ido para a Seleção. No total, Tite já chamou 27 estreantes desde a Copa da Rússia.

A provável escalação do Brasil para enfrentar a Argentina é: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Gabriel Jesus, Willian e Firmino.

A Seleção não venceu após a conquista da Copa América. Desde então, perdeu para o Peru e empatou com Colômbia, Senegal e Nigéria.

 

Fonte: Globo Esporte 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *