Boa vence partida e está de volta a Série B

Foi uma partida incrível. Brigada, disputada e com chances dos dois lados. Mas nos primeiros 20 minutos, só deu Boa. O time jogava bem melhor e pressionava. Poderia ter aberto o gol naquele momento. Mas o Belo equilibrou a partida. E também levou perigo. Chegou um momento que um atacava, e quase marcava. No lance seguinte, o outro lado respondia e também levava perigo. O calor era forte, o fator pscicológico desgastante. O tempo passava. Nada de gols. E a escrita seguia. Bolas na trave. Defesas. Quase gols. O jogo chegava ao fim. Sete minutos de acréscimos. Ninguém mais acreditava que a vaga não seria decidida nos pênaltis. Na verdade, só um acreditava. Gênesis! Ele pegou a bola aos 50 minutos do segundo tempo, acertou uma bomba rasteira, e comemorou emocionado o gol do acesso que acabara de marcar.

Deu Boa e foi mais do que merecido

Após o apito final, os jogadores do Boa Esporte caíram na festa pelo retorno à Série B após o rebaixamento de 2015. Jogadores e comissão técnica eram só alegria.

Foi uma partida e tanto, isso ninguém discute. Emocionante. Com chances para os dois clubes. Ambos acertaram bolas na trave, ambos colocaram os goleiros rivais para trabalhar e ambos sentiram o gosto do acesso passar pelo imaginário de cada um. Quem subisse estaria subindo de forma justa. Deu Boa e foi mais do que merecido. Poderia ter dado dado Belo e seria igualmente merecido. O futebol é mágico por causa disto.

Gênesis foi chamado pelo técnico Ney da Matta. Teve uma rápida conversa com o “professor”. E entrou em campo aos 28 minutos do segundo tempo. Ele não sabia ainda, mas mudaria a história do jogo. Teve uma chance. Duas. Três. Na quarta, aos 50 minutos do segundo tempo, nos acréscimos, no limite do tempo, ele chegou ao seu ápice. Pegou a bola de fora da área, acertou uma bomba e marcou o gol do acesso! Após a partida, ele disse que foi “abençoado”.

Com a derrota, o Botafogo dá adeus à temporada de 2016 e passa a se preocupar com as competições que jogará no ano que vem. O Boa Esporte segue firme na Série C. Já garantido na Série B, mas sonhando com um eventual título na terceira divisão. Na semifinal, jogará contra o vencedor de Fortaleza e Juventude.

dsc_7886
Após o apito final, os jogadores do Boa Esporte caíram na festa pelo retorno à Série B após o rebaixamento de 2015.

Fonte: Globo Esporte/ Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *