Boa Esporte é eliminado da Copa do Brasil

Depois de uma 0 a 0 sem muitas emoções no tempo normal da partida, a equipe de Varginha perdeu para o Goiás nos pênaltis e foi eliminado da Copa do Brasil.
Depois de uma 0 a 0 sem muitas emoções no tempo normal da partida, a equipe de Varginha perdeu para o Goiás nos pênaltis e foi eliminado da Copa do Brasil.

Sem jogar bem e tomando sufoco no segundo tempo, o Goiás superou as adversidades, venceu o Boa Esporte nos pênaltis e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. Depois de um 0 a 0 no tempo regulamentar no Estádio do Melão, o clube goiano contou com atuação primorosa do goleiro Marcelo Rangel, que pegou três cobranças e foi peça fundamental no triunfo por 3 a 2.

O Goiás agora tem de esperar até quinta-feira para saber quem vai enfrentar na próxima fase. O adversário sai do duelo entre Ponte Preta e Cuiabá, que se enfrentam às 19h30 no Moisés Lucarelli, em Campinas.

O Goiás dominou amplamente a primeira etapa. Com mais posse de bola, a equipe goiana permaneceu no campo de ataque e não sofreu qualquer susto do Boa. Marcelo Rangel foi um mero espectador. Porém, essa supremacia não foi traduzida em gols. O time criou apenas duas boas oportunidades. Aos 9, Aylon recebeu de Léo Sena e chutou para boa defesa de Luan Polli. Depois, aos 30, foi a vez do artilheiro Léo Gamalho cabecear para fora.

Na volta do vestiário, os donos da casa voltaram com outra postura. Leleu teve ótima chance aos 13 após cobrança de falta na área. A bola sobrou para o meio, que chutou com perigo. Logo em seguida, três minutos depois, Marcelo Rangel salvou o Esmeraldino em conclusão de Silas.

Na etapa final o Boa Esporte melhorou, e os dois times atacaram bastante.
Na etapa final o Boa Esporte melhorou, e os dois times atacaram bastante.

O Goiás, por sua vez, caiu de rendimento e não se reencontrava. Além de tomar pressão do Boa, não conseguia chegar. A primeira conclusão foi aos 34, quando Thalles chutou perto. Gamalho ainda tentou pela última vez no tempo regulamentar, mas Polli voou para defender e levar a partida para os pênaltis.

Da marca da cal, Léo Gamalho, Everton Sena e Léo Sena marcaram para o Goiás – Victor Bolt e Tiago Luís perderam. Para os mineiros, Josué e Radamés balançaram as redes. Porém, Ramon, Jean e Michael pararam em Marcelo Rangel, que colocou o Goiás na próxima fase.

Fonte: Globo Esporte Sul de Minas

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *