Boa Esporte é derrotado pelo Brusque e se complica ainda mais na Série C

Equipe de Varginha joga mais de 60 minutos com um jogador a mais, entretanto, não aproveita e vê adversário sair vencedor.

Redação CSul – Alisson Marques/Foto destaque: Alisson Marques-CSul

O Boa Esporte voltou a amargar o gosto ruim da derrota, e dessa vez, com gosto bem amargo. O time de Varginha jogou por mais um 60 minutos com um jogador a mais, dentro de casa e mesmo assim não conseguiu sair com os três pontos. Melhor para o Brusque, que com uma equipe praticamente reserva devido à final do Campeonato Catarinense contra a Chapecoense, saiu vencedor da partida com gol solidário de Alex Sandro e assumiu a liderança do grupo B.

O Jogo

O time de Varginha começou a partida pressionado pela vitória, tanto que Sidney Moraes escalou a equipe com praticamente quatro atacantes. Dieguinho voltou ao time titular após lesão, regularizado no BID, Dirceu que acabará de chegar de Portugal também começou entre os 11. Porém, a principal surpresa tenha sido a saída do goleiro e capitão, Renan Rocha, em seu lugar Rafael Pascoal fez sua estreia.

Boa Esporte volta apresentar falhas e perde novamente na Série C/Foto: Alisson Marques-CSul

Focado na decisão do Campeonato Catarinense e com “gordura” na Série C, o Brusque começou com uma equipe praticamente reserva. Apenas o goleiro Zé Carlos, o lateral Aírton e o atacante Jhony são considerados titulares do clube de Santa Catarina.

O Boa foi melhor no primeiro tempo, e contava com a qualidade e habilidade de Dieguinho para levar perigo ao gol adversário. Por outro lado, o Brusque abusava de lançamentos rápidos em transição ofensiva para chegar a meta de Pascoal. Logo aos dois minutos, Jhony antecipou e defesa varginhense e cabeceou na trave.

Aos 35 do primeiro tempo, o Brusque ficou com um jogador a menos depois de Jefferson Renan tentar cavar um pênalti e levar o segundo amarelo.

No segundo tempo, o treinador, Jerson Testoni, mudou o time e o Brusque reagiu bem às trocas. Marco Antônio e Alex Sandro, que tinham acabado de entrar, participaram do lance do gol que deu a vitória à equipe catarinense logo aos três minutos.

Mesmo com um jogador a mais em campo, o Boa esbarrava nas limitações técnicas e físicas. Sidney Moraes fez apenas duas substituições das cinco disponíveis. No fim, o resultado ficou mesmo no 1 x 0 para os catarinenses.

E agora?

Com a derrota, o Boa segue na zona de rebaixamento no grupo B. A equipe de Varginha soma apenas dois pontos e está na nona colocação. O Brusque assumiu a liderança do grupo, com 12 pontos.

Próxima rodada

Na próxima rodada, o Boa Esporte vai ao Rio Grande do Sul enfrentar o São José fora de casa, no sábado (12), às 15h. Já o Brusque, por causa da decisão do Campeonato Catarinense, só volta a campo pela Série C no dia 20, jogando em casa pela 7ª rodada, contra o Tombense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *