Atlético:Futebol chinês também está de olho em Lucas Pratto

Não é só na Espanha que o nome de Lucas Pratto é comentado. O Superesportes apurou que um clube chinês também está de olho no jogador e enviou uma proposta ao Atlético.

Os valores seriam próximos aos 10 milhões de euros, quantia oferecida pelo Celta de Vigo, da Espanha. A diferença é que os chineses não costumam economizar na hora de acertar a compra e pagam à vista.

O presidente Daniel Nepomuceno admitiu que foi procurado para negociar o atacante argentino e o zagueiro Jemerson, mas recusou as propostas. De qualquer maneira, o mandatário não descartou perder um dos atletas caso nova investida seja feita até o fechamento da janela internacional. Se isso acontecer, o clube tentará manter os jogadores até o fim da Copa Libertadores e repassá-lo no segundo semestre.

“Chegaram propostas. Nas duas, nós conversamos com os jogadores. Vamos ver. Tem possibilidade de chegar proposta com pagamento à vista, para entregar o jogador em julho ou no final do ano. Sexta feira é o dia final. Os dois estão mostrando profissionalismo impar comigo, querem ficar, e vamos esperar”, disse Daniel Nepomuceno.

Se negociar Pratto pela quantia estipulada, o Galo terá de repassar 20% do valor ao Vélez Sarsfield. À época de sua transferência para o Atlético, o secretário geral do clube argentino, Alvaro Balestrini, revelou essa cláusula contratual em entrevista na Argentina.

A janela de transferências para a China estará aberta até 26 de fevereiro. Os clubes do país são financiados pelo governo, empreiteiras, montadoras e shoppings centers, por exemplo. Por isso eles não poupam na hora de investir. Jogadores consagrados, entre 25 e 30 anos, são os alvos preferidos dos asiáticos para promover o futebol no país. Aos 27 anos, Pratto se encaixa nesse perfil valorizado.

No caso de uma saída para a Europa, o prazo para uma decisão do Atlético é mais curto. A janela fecha no dia 1º de fevereiro na Espanha, Alemanha, Itália, Inglaterra e França, grandes mercados do continente.

Fonte: SuperEsportes

atlético
Pratto é assediado pelo mercado chinês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *