Atlético recebe Ferroviário no Independência pela 4ª fase da Copa do Brasil

Ricardo Oliveira vem se destacando no ataque atleticano e é arma para abrir vantagem também na Copa do Brasil

Depois de um clássico eletrizante contra o Cruzeiro pela final do Mineiro, o Atlético volta as atenções para a quarta fase da Copa do Brasil, onde encara amanhã (4), o Ferroviário, às 19h30, no Independência.

Desde a saída de Oswaldo de Oliveira, justamente após a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil – empate, fora de casa, contra o Atlético-AC –, o auxiliar Thiago Larghi assumiu o posto de comandante interino do Galo. De lá pra cá, o time subiu de produção, seguiu avançando na Copa BR e está com uma mão na taça do Campeonato Mineiro. O que falta para ele ser efetivado? Muito provavelmente, o título contra o Cruzeiro, no próximo domingo (08), no Mineirão. Mas ele já provou que merece o cargo.

Aliás, a história de Larghi só reforça a tendência de revelação de treinadores oriundos da própria base dos clubes. Situação semelhante aconteceu com os principais nomes da nova safra, como Fábio Carille, Jair Ventura e Zé Ricardo, que surgiram, inicialmente, como alternativas emergenciais e se consolidaram como escolhas assertivas – acima de tudo, muito mais baratas em comparação aos técnicos mais badalados. Nos 13 jogos à frente do Atlético-MG, Thiago Larghi conta com um bom retrospecto: nove vitórias, um empate e três derrotas.

O Ferroviário terminou o estadual Cearense na lanterna da fase dois, no entanto, e equipe fez sua melhor campanha na história pela Copa do Brasil. Deixou para trás o Confiança-ES, Sport Recife e Vila Nova-GO. A classificação contra o Leão veio nos pênaltis, depois de o time empatar um jogo que perdia por 3 a 0, na Ilha do Retiro. Contra o Vila, no duelo de volta da fase anterior, o Ferrão venceu por 1 a 0 em pleno estádio Serra Dourada. Até então, o Ferroviário havia alcançado apenas a segunda rodada, na edição de 2004, quando acabou ficando pelo caminho depois da eliminação para o Corinthians.

Quando se fala em histórico entre Atlético-MG e Ferroviário, podemos nos limitar a apenas uma partida, que aconteceu no Campeonato Brasileiro de 1981 e terminou empatada.

O confronto de volta será no dia 18 de abril, às 21h45, no Castelão, em Fortaleza.

Confrontos da Quarta Fase

Quarta-feira (4)

  • 19:30 – Atlético-MG x Ferroviário
  • 21:45 – Atlético-PR x São Paulo

Quarta-feira (11)

  • 19:30 – Avaí x Goiás – Palpite: Avaí
  • 19:30 – Internacional x Vitória
  • 21:45 – Ponte Preta x Náutico

Fonte: Ganhador.com / Foto: BRUNO CANTINI / ATLÉTICO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.