Atlético-MG e Cruzeiro entram em campo pressionados nesta quarta

Após tropeços, o Galo quer correr contra os que brigam pelo rebaixamento; Raposa, mais perto dele, respira e tenta sequência boa para continuar livre

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Igor Sales/Cruzeiro

Uma rodada com divisor de águas para Atlético Mineiro e Cruzeiro, nesta quara-feira (6). Pela 31ª rodada do Brasileirão, o Galo escolheu o Mineirão como palco na partida contra o Goiás, às 20h. A estratégia é mudar os ares após resultados ruins no Independência. Já a Raposa, há dois pontos do Z4, visita o campeão da Copa do Brasil, Athletico Paranaense. A partida, que está marcada para 21h30 na Arena da Baixada, é a primeira do Furacão sem o técnico Tiago Nunes, que resolveu sair para assumir o Corinthians, em crise.

Atlético

O Atlético terá a volta de alguns jogadores, mas perderá o volante Nathan, que nesta segunda-feira de reapresentação no CT,  fez exame de imagem na coxa direita, que acusou ruptura do músculo adutor da coxa direita. Não há prazo para retorno.

O lateral-direito Guga ficou ainda preservado pela pancada na cabeça contra o Fortaleza. Apenas de tênis no CT, o meia-atacante Geuvânio, fica suspenso após ser expulso no Castelão. O técnico Vagner Mancini terá o retorno de Cazares e Otero que cumpriram suspensão. Elias deve voltar ao time titular substituindo Nathan.

Frederico Ribeiro

Cruzeiro

O Cruzeiro encerrou a preparação para o duelo, na manhã desta terça-feira (5). Somente o aquecimento pôde ser acompanhado pela imprensa, onde Thiago Neves e Éderson não estavam nesta parte do trabalho. Segundo o Cruzeiro, fizeram trabalhos internos, assim como Fred, que está suspenso e será substituído por Sassá. No caso de ausência de Thiago – que atuou durante os 90 minutos dos últimos seis jogos -, Robinho é o favorito para jogar.

Orejuela, suspenso, dá lugar a Edilson. Ainda há dúvida sobre a dupla de zaga. Fabrício Bruno volta de suspensão, mas Cacá vive boa sequência e a tendência é de que Léo, recém-recuperado de fratura na clavícula, siga no time, até em função da experiência. O time está em 16º lugar, com 33 pontos, dois a mais que o Fluminense, que abre o Z-4.

Guilherme Macedo

Clássico à vista

Se pela 31ª rodada, as equipes mineiras terão duelos difíceis, pela 32ª a coisa piora. Cruzeiro e Atlético-MG se enfrentarão no próximo domingo (10), às 16h, no Mineirão. E o cenário para o jogo é decisivo, já que as duas equipes brigam para se afastarem da zona de rebaixamento. As duas equipes têm preocupações para estas partidas desta quarta, a lista de pendurados. Se levarem o terceiro cartão amarelo nesta rodada, serão desfalques no clássico, o que causam preocupações para os técnicos.

O Galo tem 10 pendurados, sendo seis titulares: o goleiro Cleiton, o lateral Lucas Hernández, os zagueiros Igor Rabello, Réver e Leonardo Silva, os volantes Jair e José Welison, os meias Luan e Vinícius, e o atacante Di Santo.

Na Raposa são sete que correm risco de ficar fora do jogo: o goleiro Fábio, os laterais Dodô e Edilson, os volantes Jadson e Ariel Cabral, o meia Marquinhos Gabriel, e o atacante Pedro Rocha. Dedé e Rodriguinho também figuram nesta lista, mas estão no departamento médico.

Douglas Magno/BP Filmes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *