Após dura derrota, Boa Esporte se reapresenta no CT da Rua Paraná

dsc_0055_1

dsc_0018_1Após jogar mal e ser derrotado por 3 a 0 pelo Sampaio Côrrea, o Boa Esporte se reapresentou nesta segunda-feira (13), no CT da Rua Paraná, em Varginha. Para se recuperar do mal resultado, o time vai ter quase uma semana para se preparar para o confronto com o Ceará, já que o jogo só acontece no próximo sábado (18), às 21 horas, no Melão.

O resultado quebrou uma sequência do Boa de cinco jogos sem perder. A defesa, que em 11 rodadas havia sofrido apenas oito gols e era uma das menos vazadas do campeonato, acabou falhando três vezes.

– Foi uma situação atípica nós termos tomados tantos gols. Lógico que a gente fica feliz de sermos uma das melhores defesas. Mas o nosso objetivo é sempre maior, sempre a vitória – disse o goleiro Andrey.

Além disso, o jogo foi também o primeiro revés do time desde a chegada do técnico Moacir Júnior. No entanto, foi o auxiliar-técnico Altair Coimbra quem dirigiu o o time na partida, já que o comandante do clube de Varginha cumpriu a segunda partida da suspensão por ter sido expulso na 9ª rodada, contra o Bragantino.

– Tenho certeza que o time fez uma grande partida. Até o momento daquele pênalti, o jogo estava equilibrado, estava aberto, com possibilidades da gente ganhar. Infelizmente, naquele momento, o time se perdeu um pouquinho com o gol. Apesar do placar de 3 a 0, na minha concepção, não foi um placar justo pelo futebol que o Boa apresentou – contou o auxiliar-técnico.

O duelo com o Ceará marca o encontro de duas equipes que não passam por um bom momento. Em 17º, o Boa tem 11 pontos, enquanto os cearenses somam apenas 7 pontos e amargam o penúltimo lugar da tabela.

– Todos os jogos, a gente nunca tem que abaixar a cabeça. Sempre com o pensamento de crescer – concluiu o zagueiro Éverton Sena.

4319182_x360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *