Após demissão, presidente agradece Edinho por trabalho no Tricordiano

Técnico Edinho deixou o Tricordiano após duas derrotas no Mineiro (Foto: Reprodução EPTV)
Técnico Edinho deixou o Tricordiano após duas derrotas no Mineiro (Foto: Reprodução EPTV)

O presidente do Tricordiano, Gustavo Vinagre, publicou uma nota oficial agradecendo ao técnico Edinho pelo trabalho à frente da equipe. O desligamento do filho do Rei Pelé foi informado pelo clube nesta terça-feira (7) por meio de um comunicados publicados em redes sociais.

Em dois jogos oficiais pelo Campeonato Mineiro, Edinho sofreu duas derrotas. Primeiro o time perdeu para o Uberlândia por 1 a 0 e depois foi derrotado por 2 a 1 pelo Cruzeiro. Durante a pré-temporada, a equipe também perdeu dois jogos-treino disputados em casa: 1 a 0 para o Marília e 2 a 1 para o Nacional-SP.

No entanto, segundo o presidente do Tricordiano, foram as diferenças na filosofia de trabalho que resultaram no desligamento.

– Infelizmente ao longo deste período tivemos algumas situações em que a filosofia de trabalho do treinador não estava de acordo com a da nossa diretoria, sem julgamentos de quem esteja certo ou errado, apenas discordância nos métodos apresentados, o que é bastante comum no meio do futebol – afirmou Gustavo Vinagre.

Na nota, o presidente disse ainda lamentar a rescisão, mas que o clube precisava agir rápido para se recuperar no Mineiro. O Galo de Três Corações deve lutar para se manter no Módulo I do Estadual.

– Lamentamos ter que romper o trabalho e o planejamento proposto desde o final do ano passado, mas diante do calendário do Campeonato Mineiro e do formato curto de disputa, não temos tempo a perder em busca dos pontos que precisamos para manter o Tricordiano na elite do futebol de Minas Gerais.

Raniel; Cruzeiro; Tricordiano (Foto: Washington Alves/Light Press)
Na última rodada, o Tricordiano perdeu para o Cruzeiro por 2 a 1 (Foto: Washington Alves/Light Press)

O clube informou que já negocia com um novo treinador. O anúncio oficial do substituto de Edinho deve ser feito ainda nesta semana. O Tricordiano volta a campo neste sábado (11), às 17h, quando enfrenta o Tombense fora de casa pela 3ª rodada do Mineiro.

Confira a nota completa divulgada pelo presidente:

Conforme anunciamos ontem pela noite, através das nossas redes sociais, a demissão do nosso ex-técnico Edinho, venho por meio desta carta agradecer ao profissional que durante estes três meses e meio de trabalho em nosso clube demonstrou total dedicação em busca do nosso objetivo no Campeonato Mineiro 2017.

Infelizmente ao longo deste período tivemos algumas situações em que a filosofia de trabalho do treinador não estava de acordo com a da nossa diretoria, sem julgamentos de quem esteja certo ou errado, apenas discordância nos métodos apresentados, o que é bastante comum no meio do futebol.

É notório que os resultados negativos na pré-temporada e no início do Estadual dificultaram ainda mais a permanência do técnico no cargo, mas a rescisão de contrato não se justifica apenas pelas derrotas nos placares finais das partidas em que ele comandou o nosso elenco. Valorizamos a apresentação honrosa e guerreira, realizada no último domingo no Mineirão, contra o Cruzeiro, mas isso não foi o bastante para que déssemos sequência nessa parceria.

Lamentamos ter que romper o trabalho e o planejamento proposto desde o final do ano passado, mas diante do calendário do Campeonato Mineiro e do formato curto de disputa, não temos tempo a perder em busca dos pontos que precisamos para manter o Tricordiano na elite do futebol de Minas Gerais.

Por acreditar que será melhor uma mudança na comissão técnica, para o ambiente e novo estilo de jogo, em breve anunciaremos o novo comandante para os nove jogos finais do Estadual!

Obrigado Edinho, obrigado Rei Pelé, pelo carinho e dedicação durante este curto, porém especial e inesquecível período. Sabemos que a torcida pelo sucesso do nosso clube será eterno, como a nossa idolatria pela família Arantes do Nascimento!

Torcida do Galo Furioso, contamos com vocês para o restante do Mineiro! Pra cima Galo!

Um abraço,
Gustavo Vinagre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *