Apito Final: Fla e Flu goleiam, Sport empata, São Paulo perde e Vitória não termina; Figueirense, Atlético PR e Inter se classificam na CB

Flamengo 4 x 0 Madureira

O Flamengo mostrou que não estava de ressaca por causa do título da Taça Guanabara – o primeiro turno do Campeonato Carioca – conquistado no último domingo. Nesta quarta-feira, o time rubro-negro estreou com o pé direito na Taça Rio (segundo turno) ao golear o Madureira por 4 a 0, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.

 Ainda invicto no Campeonato Carioca, o Flamengo somou os seus primeiros três pontos no Grupo B da Taça Rio, enquanto que o Madureira está na lanterna do Grupo C e segue sem vencer. Agora são três empates e três derrotas no Estadual.
O Flamengo volta a campo neste sábado no clássico contra o Fluminense, às 17 horas, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Os dois times não entraram em um acordo com o Botafogo para o aluguel do estádio do Engenhão. Já o Madureira recebe o Volta Redonda na segunda-feira, às 15h45, em Conselheiro Galvão. Os jogos serão válidos pela segunda rodada.

Bangu 0 x 4 Fluminense

O Fluminense começou bem a Taça Rio ao golear por 4 a 0 o Bangu, nesta quarta-feira, em Moça Bonita. Com o resultado, os tricolores chegaram aos três pontos no segundo turno do Campeonato Carioca e assumem a ponta grupo C, a frente da Portuguesa pelos critérios de desempate. Já os banguenses não somam pontos pelo grupo B.

Na próxima rodada, o Fluminense terá o clássico contra o Flamengo, neste sábado, na Arena Pantanal, em Cuiabá. No mesmo dia, o Bangu vai até a Região dos Lagos para enfrentar o Macaé.
Ituano 2 x 1 São Paulo
Após perder para o Santos no último domingo, o São Paulo amargou a sua segunda derrota consecutiva durante a noite desta quarta-feira. Jogando no Estádio Novelli Júnior, o time tricolor foi dominado e saiu atrás no primeiro tempo. Empatou no começo do segundo, mas viu sua zaga falhar, Cueva desperdiçar um pênalti no último minuto e perdeu para o Ituano, por 2 a 1, em duelo atrasado da sétima rodada do Campeonato Paulista.
Apesar do novo revés, o São Paulo permaneceu no primeiro lugar do Grupo B, com dez pontos ganhos, os mesmos da Ponte Preta, que tem uma vitória a menos. O Galo de Itu, por sua vez, assumiu a vice-liderança do Grupo A, com 11 pontos, dois a menos que o Corinthians.
Cada vez mais pressionada, a equipe dirigida por Dorival Júnior buscará se reabilitar no torneio diante da Ferroviária, a partir das 17h (de Brasília) deste domingo, no Morumbi. Já o Ituano tentará engrenar contra o Red Bull Brasil, na próxima segunda-feira, às 17h30, novamente no Novelli Júnior.
Belo Jardim 0 x 0 Sport
Se o novo executivo de futebol Klauss Câmara, oficializado horas antes do jogo, assistiu à Belo Jardim x Sport nesta quarta-feira, pôde confirmar que terá muito trabalho pela frente no clube. No Lacerdão, em Caruaru, o Rubro-negro empatou sem gols com o então lanterna do Campeonato Pernambucano, o Belo Jardim. É a primeira vez na história que o Leão não vence o rival. Antes, tinha vencido os sete duelos. O tropeço diante de mais um debilitado adversário não diminui a crise e as críticas direcionadas à equipe, que ainda não conseguiu sequer duas vitórias consecutivas durante a temporada.
Sem ter encontrado uma equipe ideal mesmo após vir de vitória sobre o América, na Ilha do Retiro, o técnico Nelsinho Batista promoveu novas mudanças na escalação do Sport. O contestado volante Pedro Castro retornou ao time no lugar de Thallyson. No ataque, Gabriel perdeu vaga para Leandro Pereira, de volta após se recuperar de trauma no joelho. Na zaga, não houve mexidas. Mas o antes titular Henríquez, que cumpria suspensão na rodada passada, ficou apenas na reserva, enquanto Ronaldo Alves se manteve na posição.
Jacuipense x Vitória (Jogo não terminou)

O Vitória voltou a campo nesta quarta-feira pela quinta rodada do Campeonato Baiano, adiada por conta do compromisso da equipe rubro-negra na Copa do Nordeste, no entanto, o duelo não terminou. Por conta das repetidas quedas de energia, o confronto com o Jacuipense foi suspenso e será reiniciado nesta quinta, às 15h (de Brasília), no estádio Valfredão.

Após protagonizar uma verdadeira confusão no clássico ‘Ba-Vi’, o Leão visitou o Jacuipense, e conseguiu abrir o placar no primeiro tempo com Pedro Botelho. Aos 14 minutos da etapa complementar, porém, a energia caiu e, por mais que tenha ameaçado voltar em alguns momentos, não permitiu que o jogo continuasse.

A energia do estádio Valfredão ainda caiu três vezes durante o confronto para frear o ritmo de ambas as equipes. Com os repetidos reinícios de partida, o Edinaldo Rodrigues, presidente da Federação Baiana de Futebol, optou por reiniciar o jogo nesta quinta-feira às 15 horas.

Copa do Brasil

Remo 1 x 2 Internacional

Foram mais de 600 minutos em branco, mas Leandro Damião deixou para encerrar seu longo jejum de gols em momento fundamental para o Internacional. Nesta quarta-feira, ele marcou pela primeira vez em 2018 e ajudou o time gaúcho a derrotar o Remo por 2 a 1, de virada, no Mangueirão, para avançar à terceira fase da Copa do Brasil.

Damião não marcava desde o dia 6 de novembro do ano passado, mas foi fundamental para garantir a classificação do Inter, assim como D’Alessandro, maestro da equipe nesta quarta. Agora, os colorados voltam as atenções para o Campeonato Gaúcho, pelo qual encaram o São Luiz neste domingo, no Beira-Rio.

Atlético Paranaense 5 x 4 Tubarão – SC

Em um jogo memorável, com três viradas e nove gols no segundo tempo, o Atlético Paranaense carimbou a sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil ao vencer o Tubarão-SC por 5 a 4, nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba. O seu adversário vai ser o Ceará, que venceu, de virada por 2 a 1, o Londrina, mesmo atuando no estádio do Café, no norte do Paraná.

Inclusive o primeiro jogo já está confirmado para a Arena da Baixada, provavelmente na próxima quarta-feira. A volta tem como data base o dia 14 de março, em Fortaleza. Os mandos de campo foram definidos através de sorteio realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro. Nesta edição, o gol fora não tem peso no critério de desempate. Em caso de igualdade em pontos e em gols, a definição vai sair em pênaltis.

 Figueirense 2 x 1 Oeste
Tão logo se classificou ao golear o Botafogo-PB por 4 a 0, no Almeidão, o Atlético conheceu o próximo adversário na Copa do Brasil. Será o Figueirense, que venceu o Oeste por 2 a 1, também nesta quarta-feira, no Orlando Scarpelli, e classificado para a terceira fase. O time catarinense levou a melhor com um gol dos acréscimos, aos 46min do segundo tempo.

O primeiro confronto entre Figueirense e Atlético terá data oficializada pela CBF nesta quinta-feira. Mas o mais provável é que seja na quarta-feira da próxima semana, às 21h45, no Orlando Scarpelli. O Galo terá a chance de decidir a clasificação à fase seguinte diante da torcida. O confronto da volta será no dia 14 de março, em BH.

A classificação do Figueirense foi marcada pelo sofrimento no Orlando Scarpelli. André Luís abriu o placar, aos 19min, dando a impressão de que o time da casa avançaria sem problemas. Mas o Oeste empatou com Raphael Luz, aos 29 da etapa inicial. No segundo tempo, quando a definição do vencedor se encaminhava para os pênaltis, a equipe catarinense saiu do sufoco nos acréscimos. O veterano Jorge Henrique ergueu a bola para a área em cobrança de falta, e Clebersson apareceu para desviar para as redes de cabeça, aos 46.

Fonte: Super Esportes / Foto: Gilvan de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *