América perde para São Bento e não consegue acesso para série A em 2020

Era um contexto maravilhoso, era uma reação épica, a equipe que durante muito tempo ficou na lanterna da série B, que trocou várias vezes de treinadores e quando fechou com seu atual técnico tinha um só objetivo, cujo esse era não cair para série C, tinha tudo para ter um final feliz e inacreditável depois de 38 rodadas. O América precisaria apenas de uma vitória simples em casa, diante do já rebaixado São Bento para conquistar o acesso á série A em 2020, o palco para a festa estava montado, estádio Independência lotado com mais de 20.000 pessoas, um dia de sol em Belo Horizonte, tinha tudo para ser perfeito, no entanto, não foi…

O Jogo

O América entrava em campo diante do seu maior público na temporada jogando em casa, a equipe precisaria apenas vencer para conseguir o acesso á série A em 2020, mais o que se viu foi um América nervoso, errando passes bobos, bem diferente daquele time que saiu da 20ª posição para o até então 3º lugar no campeonato. Já o São Bento jogava solto, sem responsabilidade apenas para jogar água no chopp americano. E o primeiro copo d’água nesse chopp veio com 29 minutos da primeira etapa, com Júnior Bahia, 10 minutos depois essa água aumentou, dessa vez Guilherme Romão fez o 2 x 0 no placar.

O final do primeiro tempo parecia um velório, era algo surreal, torcedores sem acreditar no que estavam presenciando no estádio Independência. No segundo tempo, o América voltou melhor, tinha bastante posse de bola e bom volume de finalizações, no entanto, faltava inspiração e sobrava nervosismo para a equipe de Felipe Conceição. O treinador tentava de tudo, sacou Júnior Viçosa e colocou Vitão, depois botou Ademir no lugar de Flávio, substituição essa que deu certo, logo em seus primeiros toques na bola Ademir deu assistência pra Juninho que diminuiu o marcador aos 20 do segundo tempo, recolocando o América no jogo.

A pressão continuava, á essa altura o Coritiba já vencia o Vitória e também estava se classificando, restava ao coelho ficar com um olho em seu jogo e o outro na partida entre Sport x Atlético Goianense, a equipe goiana também era outra concorrente direta pela vaga. Os minutos foram passando, o jogo em Pernambuco terminou em 0 x 0, então o América precisaria apenas de um empate com o São Bento para ficar com a vaga, mas isso não aconteceu.

Pós jogo

Ao fim do apito de Anderson Daronco o juiz da partida, foi possível ver a reação de tristeza e choro de jogadores e torcida, todos ali pareciam não acreditar no que acabava de acontecer, um clima de frustração com abatimento marcava, o cair da noite no Independência. Para o América restou a quinta colocação, e a história de uma reação épica sem o final desejado.

Redação CSUL – Alisson Marques 

Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *