Amanda Ribas entra no top 15 do peso palha do UFC após derrotar Mackenzie Dern

A vitória sobre Mackenzie Dern, por decisão unânime dos juízes, no card principal do UFC em Tampa, garantiu a mineira Amanda Ribas um lugar entre as 15 melhores do ranking na divisão peso palha (52kg). A lutadora nascida em Varginha, que ganhou os dois combates que disputou na organização, apareceu em 15º lugar.

Amanda Ribas, de 26 anos, vinha de vitória sobre Emily Whitmire, na estreia, por finalização com estrangulamento, em Minneapolis (EUA), no mês de junho passado. O embalo da mineira veio com triunfo diante da americana-brasileira Mackenzie Dern, na Flórida, quando controlou a luta na trocação em pé e foi declarada vencedora na decisão dos juízes laterais.

Em declaração por vídeo nas redes sociais do UFC, Amanda Ribas já pensa na sequência e pretende encarar uma atleta mais bem ranqueada, de preferência entre as dez melhores no peso palha.

Em declaração por vídeo nas redes sociais do UFC, Amanda Ribas já pensa na sequência e pretende encarar uma atleta mais bem ranqueada, de preferência entre as dez melhores no peso palha. “Vou conversar com meus treinadores para saber contra quem posso pedir a próxima luta. Mas eu sou ambiciosa e ficarei muito feliz se o UFC me der uma top 10 para enfrentar. E vou treinar muito mais”, prometeu.

Polonesa sobe

Ex-campeã da divisão, Joanna Jedrzejczyk voltou em grande estilo ao peso palha. A polonesa, que disputou o cinturão dos moscas (57kg) e foi derrotada por Valentina Shevchenko, retornou à categoria de origem e mostrou que é candidata a disputar o título. Ela bateu Michelle Waterson por decisão unânime, na luta principal do UFC em Tampa. Com isso, Joanna subiu para o quarto lugar no ranking até 52kg.

Fonte: Super Esportes / Foto: Divulgação/UFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *