6ª rodada do Mineiro – Boa Esporte e Caldense jogam em casa neste final de semana

Neste final de semana, a 6ª rodada do Estadual estremesse as arquibancadas dos estádios de Minas Gerais. Seis jogos acontecem entre sábado e domingo, dois deles no sul do estado. Em Varginha, o Boa Esporte recebe o Tombense após eliminação na Copa do Brasil para o Foz do Iguaçu, na última quarta. Em Poços de Caldas, a Veterana enfrentará o Atlético Mineiro, tentando defender um tabu de oito anos sem vitórias do Galo na cidade.

Boa Esporte /  x 

Após folgar na última rodada do Estadual, com um jogo a menos (contra a URT, válido pela 5ª rodada, será disputado dia 27 de fevereiro), o Boa Esporte chega para a partida de domingo contra o Tombense na ressaca da eliminação da Copa do Brasil, na última quarta-feira (6), para o Foz do Iguaçu.

Precisando deixar de lado essa eliminação e voltar o foco pro Mineiro, a equipe de Varginha joga às 10h30 no Melão, diante da torcida, podendo entrar no G4 ainda na rodada.

Caldense  x 

A Veterana recebe o Galo neste sábado às 16h30, no Ronaldão. Para a partida, a equipe conta com o retorno de quatro atletas. Renato Silveira e Edu Pina voltam de suspensão, enquanto Robinho e Salatiel foram liberados pelo departamento médico. Para preservar todos os titulares para o jogo de volta da Libertadores, o Galo vai jogar com todos os reservas em Poços de Caldas.

 Ao longo da semana, a Veterana realizou diversas atividades. O foco foram as situações de jogo, principalmente chegadas ofensivas, finalização e cruzamentos. O grupo realizou um coletivo na quinta à tarde no Estádio Municipal para testar diferentes peças e formações. Na sexta o grupo faz uma movimentação no CT e em seguida fica concentrado para a partida.

“Esta semana cheia esta sendo muito importante para nós. Pudemos realizar treinos específicos para corrigirmos algumas situações e trabalhar diversas jogadas. Além disso, houve um tempo maior para recuperarmos fisicamente os atletas que vinham atuando e também tratar aqueles que estavam no departamento médico” – comentou o técnico da Veterana, Zezito.

Equipe busca primeira vitória no campeonato / Assessoria de Comunicação da Caldense

Outras partidas

 x 

O Guarani recebe o Tupi no Farião, em Divinópolis às 17h deste sábado. Buscando a primeira vitória na competição e eliminado da Copa do Brasil pelo Santa Cruz-RN, o Tupi não conta com Marcus Vinicius, que deixou o último jogo de ambulância, apresentando uma luxação no tornozelo. No Guarani, cautela é pregada, mas a equipe treinou forte para derrotar o Galo Carijó e subir na tabela de classificação.

“Temos um jogo muito difícil sábado que é confronto direto contra a zona da degola. Aqui prevaleceu o mando de campo, uma equipe muito mais aguerrida e contundente que a nossa. No segundo tempo houve os melhores momentos da nossa equipe. Nossa equipe é tão nova que não havia necessidade daquele carrinho do Baiano no meio de campo (cartão vermelho), ficou mais fácil para eles. Depois, a contusão do Marcus Vinícius, fatalidade, faz parte. O que podemos levar de legado é que em alguns momentos fomos competitivos, não na maior parte do jogo. Eu temia isso, a equipe tomar um gol e vir abaixo. Dar tranquilidade para a equipe e levar estabilidade por ser muito jovem”, disse o treinador do Tupi, Gerson Evaristo.

“Creio que contra o Tupi-MG a vitória é obrigatória. Não vou jogar isso no meu grupo, pois vai ser feito pela imprensa, pela família deles, por eles mesmos. Meu papel é tirar o peso e fazê-los entender o que fizemos de muito bom até agora, como enfrentar time grande buscando o jogo. Temos muito respeito pelo time do Tupi-MG, mas temos que ser fortes em casa agora”, falou o técnico do Guarani, Gian Rodrigues.

 x 

Líder da competição, o Coelho recebe a URT no sábado às 21h, no Independência. O Coelho entra em campo em busca de defender não só a liderança mas, o histórico do confronto. Ao todo são 23 partidas entre América-MG e URT. São nove vitórias do Coelho, quatro do time de Patos e dez empates.

“Sei que será um jogo difícil. Sabemos que sempre que há mudanças na comissão técnica, aqueles jogadores que não vinham sendo muito utilizados vão querer mostrar serviço e estarão motivados. Além disso, jogar contra os adversários que estão lá em baixo é sempre complicado. Portanto, precisamos ter a atenção redobrada para não vacilarmos, ainda mais no Independência. É um jogo perigoso, mas somos líderes e estaremos jogando em casa. Temos que colocar em prática isso”, disse o atacante do Coelho, Marcelo Toscano.

Marcelo Toscano vai encarar a URT pela primeira vez / Estevão Germano

 x 

O Villa segue trabalhando firme em busca da primeira vitória e enfrenta o Patrocinense no domingo, às 16h30, no Alçapão do Bonfim. Nesta quinta-feira (7), o treinamento foi realizado no período da tarde no Estádio Municipal Castor Cifuentes – Alçapão do Bonfim.

O técnico Eugênio Souza comandou os trabalhos em duas etapas; a primeira foi um trabalho de valorização de domínio e passe. Enquanto que os goleiros trabalharam á parte. Em seguida os atletas desenvolveram um trabalho de ataque contra defesa, finalizando com um treino-tático em campo.

Villa treinou firme para a partida / Assessoria de Comunicação Villa Nova

 x 

Cruzeiro e Tupynambás fecham a rodada no Mineirão, no domingo, às 17h. A Raposa poderá ter pela primeira vez, Rodriguinho e Thiago Neves juntos em campo. Se Dedé não tiver condições de jogo, Murilo deverá ganhar uma chance na equipe cruzeirense, após cumprir suspensão contra o Villa Nova. Quem apareceu em campo, após três dias, foi o atacante Sassá. Desde terça-feira, ele fazia trabalhos internos na Toca da Raposa.

Rodriguinho fará seu primeiro jogo no Mineirão, pelo Cruzeiro / Vinnicius Silva-Cruzeiro

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Assessoria de Comunicação da Caldense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *