Zezé Di Camargo se defende no Faustão após criticar comoção por morte de Marielle Franco

Em meio à comoção provocada pela morte da vereadora Marielle Franco, um post republicado por Zezé di Camargo nas redes sociais provocou mal estar. O sertanejo compartilhou uma publicação que compara a execução da política à morte da médica Gisele Palhares, assassinada em 2016 com dois tiros durante um assalto. No Domingão do Faustão de hoje (25), ele tocou no assunto.

Enquanto falava sobre os problemas provocados pelas redes sociais, Fausto Silva perguntou diretamente sobre o assunto. Zezé disse que não conhecia a vereadora – que ele chamou de “Mariela” – e afirmou que tentou apenas criticar a maneira como, no ponto de vista dele, o caso estava sendo usado como “palanque político”.

“Jamais eu seria ignorante a ponto de desprezar uma morte. O que eu quis mostrar é que, por trás da morte da menina, que era uma lutadora, estavam transformando em um palanque político”, disse.

E completou: “Eu gosto sempre de contestar o óbvio. Feio é o artista que fica em cima do muro para não se indispor com ninguém”.

Na legenda da foto que provocou polêmica, de autoria desconhecida, Zezé havia afirmado que estão transformando “barbárie” em “politicagem”. “Vamos refletir? Como cidadão tenho direito de expressar minha opinião. Aos que concordam comigo, obrigado! Aos que divergem, apenas conteste sem ofensas. Lembrando, apenas, que o texto não é meu. Repostei, porque achei coerente e verdadeiro. Parabéns ao autor! Transformar uma barbárie em politicagem, não!”, postou.

 “Tranformaram a morte da Marieli em palanque politico ” ZEZE virando inimigo da esquerda !
 Zezé cagando pela boca ao vivaço ainda errou o nome de Marielle
 Ver imagem no Twitter

Zezé DiCamargo arregando, dizendo q txt ñ foi crítica à comoção pela morte de Marielle Franco. Além de babaca e ignorante político, é covarde! Pegou txt qq e replicou achando q fazia política.

 Luiz Carlos (@LuizCMcmartins) March 25, 2018
Domingão do Faustão, agora, dando espaço ao Zezé de Camargo para falar que não foi bem interpretado, não foi isso que eu quis dizer, bla bla bla. ele foi bem claro tanto no caso da Marielle quanto no caso do Ditadura

Fonte: Veja SP / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *