Série brasileira leva para TV o universo das lutas clandestinas; Priscila Fantin e Murilo Rosa no elenco

Muita pancadaria e algumas lágrimas são os principais temperos de “Rio Heroes”, série brasileira que estreia no canal Fox Premium 2 no próximo sábado (24), às 22h. A trama é ambientada no universo das lutas clandestinas e tem como protagonistas Jorge Pereira (Murilo Rosa), um ex-lutador adepto das competições sem regras nem luvas; Claudinha Pitbull (Priscila Fantin); Rogerinho (Duda Nagle); Basílio (André Ramiro) e Goya (Miguel Nader).

O personagem de Murilo Rosa é real, e a série é baseada em sua história de vida e em sua batalha nos anos 90 para realizar um campeonato não-oficial de luta livre. O vice-presidente de Conteúdo e Desenvolvimento da Fox Networks Group Latin America, Zico Góes, conta que Jorge Pereira atuou como consultor na produção assinada pela Mixer Films em conjunto com a Fox e a NBC Universal.

“Não só o Murilo, mas os outros integrantes do elenco e da equipe de produção puderam conhecer o Jorge, que auxiliou em suas bases de atuação, na construção do roteiro e na criação de personagens, na maioria fictícios”, explicou Góes.

Além do esporte, o lado business desse universo também é explorado na série. Apostas em dinheiro permeiam os bastidores das lutas e desencadeiam reações e conflitos que apimentam ainda mais o clima tenso dos combates e as relações entre os “heróis”.

Curiosamente, a produção selecionou atores que já tinham alguma afinidade com o embate corpo a corpo Mesmo assim, as cenas de luta são armadas pelo coreógrafo de sequências de ação Dani Hu.

“Além do Murilo, da Priscila, do Duda e do André, que já lutavam, o Pablo Uranga, diretor da série, também é praticante. Como eles têm um histórico de preparo físico e dietas específicas, não foi necessária uma carga diária de treinamento”, comentou Góes.

Preparação. Faixa roxa de jiu-jitsu, André Ramiro se sentiu recompensado ao dar vida a Basílio. “Foi um prazer participar, ainda mais por ser admirador e treinar artes marciais desde os 14 anos”, disse o ator. Para “Rio Heroes”, ele também fez aulas de MMA com o lutador Rogério Garbin, amigo do verdadeiro Jorge Pereira.

Fã das muitas modalidades de combate, Ramiro acredita que a série vai agradar em cheio aos fãs de luta. “O esporte se tornou uma paixão mundial e mudou a realidade de muitos atletas brasileiros, ajudando a dar uma vida mais digna a eles. Nossos lutadores são heróis nacionais”, afirma o ator, mais conhecido do grande público pelo papel do policial Mathias no filme “Tropa de Elite”.

Góes ressalta que, apesar do tema, as pessoas envolvidas na produção se esforçaram para evitar uma glamourização da violência. “A série é muito mais do que sangue e porrada. É uma história dramática de superação que envolve traição, lealdade, amizade e amor”, concluiu.

 Fonte: O Tempo / Foto: Foz Premium

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *