‘Queima do Alho’ deve reunir 50 comitivas em Nova Resende

Para resgatar a cultura e culinária regional dos tropeiros, acontece neste sábado (30), a 7ª Queima do Alho em Nova Resende.  A festa, considerada a maior do circuito que envolve 20 cidades, terá 50 comitivas servindo 27 pratos típicos como feijão tropeiro, arroz carreteiro, carne de porco assada, entre outros. A entrada é gratuita e são esperadas 20 mil pessoas nesta edição.

Segundo Anderson Lopes, um dos organizadores do evento e membro do Circuito Mineiro de Queima do Alho, um dos destaques é um concurso culinário em que o vencedor é o cozinheiro que prepara a melhor refeição no menor espaço de tempo.  “Além do concurso, que não é mais uma disputa, mas algo sadio. Vamos matar 40 porcos, ou seja, será maior que a do último ano”, comentou.

A festa resgata também a tradição das boiadas, que passam pelas cidades durante o dia e acampavam perto de fogueiras durante a noite, onde ocorriam as refeições e onde se deu o nome de ‘Queima do Alho’.

A festa acontece na Sede da Associação dos Cavaleiros de Nova Resende e oferece shows com várias duplas sertanejas. No domingo (31), ocorre a 4ª Prova de Marcha de Muares  e Equinos.

queima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *