Promotoria recomenda que Justiça extingua ação de Neymar contra modelo

Neymar-da-Silva-Santos-Júnior_styleO Ministério Público de São Paulo recomendou a extinção da ação movida por Neymar contra a modelo Laryssa Souza de Oliveira.

Desde a abril de 2014, o craque do Barcelona tenta intimar a modelo para dar explicações sobre as declarações que ela fez na imprensa após ser apontada como pivô da crise do relacionamento do jogador com a atriz global Bruna Marquezine, no ano passado. 

À época, Laryssa Oliveira afirmou que Neymar pagava viagens para amigas o visitarem em Barcelona e que ela tinha tido um caso com o craque. O episódio veio à tona quando fotos de Laryssa e Anny Alves na casa do jogador vazaram após serem compartilhadas pelo aplicativo WhatsApp. Segundo ela, as duas foram ameaçadas pelo atacante e amigos dele, o que teria motivado as declarações.  

Neymar entrou  em fevereiro com o pedido de intimação na 1ª Vara Criminal de Ipatinga-MG, cidade natal da modelo. Sem sucesso na Justiça mineira, a equipe jurídica do jogador abriu a mesma ação em São Paulo, em abril. A “derrota” se refere ao pedido que corria na Vara do Juizado Especial Criminal do Foro de Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *