Novela mexicana que mostra adoção por casal gay revolta religiosos

A novela mexicana “Papá a Toda Madre” (“Pai de Primeira Linha”) mal estreou e já está causando dores de cabeça à Televisa. Não por conta da audiência – que anda nas alturas -, mas devido ao conflito com grupos religiosos que têm organizado um boicote à atração.

“Papá a Toda Madre” é uma comédia romântica protagonizada por Maite Perroni

A raiz dessa rejeição à obra está na presença dos personagens Rafael (Andrés Zuno) e Rodrigo (Raúl Coronado), casal de homossexuais que mantém uma relação estável e que, no decorrer da história, luta para conseguir adotar legalmente uma criança.

A organização católica CitizenGO tem divulgado uma petição online que solicita a retirada do folhetim do ar, acusando-o de tentar promover a “normalização da homossexualidade” junto à sociedade mexicana. O grupo incentiva seus simpatizantes, inclusive, a enviar mensagens às marcas patrocinadoras da novela, expressando sua insatisfação com os temas abordados.

“Papá a Toda Madre” é uma comédia romântica protagonizada por Maite Perroni, heroína de folhetins como “Cuidado com o Anjo” e “A Gata”, e por Sebastián Rulli, que recentemente viveu Alessandro em “O Que A Vida Me Roubou”.

O enredo central gira em torno de um playboy milionário, Mauricio López Garza (Rulli), que tem sua rotina virada de pernas para o ar ao descobrir ser pai de uma travessa garotinha de sete anos, Anifer (Regina Graniewicz).

 

Fonte: RD1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *