‘Não sou santinha’: Marina Ruy Barbosa nega rótulo de boa moça

'Sou uma menina normal. Sempre namorei, nunca fui de pegação', contou © Divulgação, TV Globo
‘Sou uma menina normal. Sempre namorei, nunca fui de pegação’, contou
© Divulgação, TV Globo

Marina Ruy Barbosa já deixou claro que transar no primeiro encontro não é muito a cara dela. Mas não é por causa disso que a atriz precisa ter um rótulo de santinha. Em entrevista ao jornal ‘Extra’, a ruiva garantiu que leva os julgamentos tranquilamente, mas tem uma vida comum.

“Encaro numa boa. Mas sei que tem gente que diz: ‘ela quer se fazer de santinha’. Não faço nada forçado. Sou uma menina normal. Não sou santinha. Sempre namorei, nunca fui de pegação. Gosto de beber vinho, vodca, mas nada exagerado. Nunca fui de dar ‘PT’ (perda total)”, contou ela, sem negar também que solta alguns palavrões.

“Falo palavrão, sim, mas não toda hora. Às vezes, sai um ‘ai, que merda’, baixinho. Quando cismo com alguma coisa é difícil me fazer mudar de ideia. Sou firme. Tenho vários lados e muita opinião”, disse Marina.

Escolhida como mulher mais sexy do ano pela revista “VIP”, a ruiva contou que está superfeliz com o título. “Quando me chamaram para fazer a revista o que me encheu os olhos foi quando eles falaram que iam fazer tudo do meu jeito, com as minhas referências. Agora não é só o título de sexy, é pelo conjunto da obra. Sensualidade não tem a ver com mostrar demais. É um pouco de tudo. Eu me sinto lisonjeada de representar essa figura feminina”, vibrou ela, que fez as fotos com a aprovação do noivo.

Quando o assunto é seu casamento com Xandinho Negrão, ela garantiu que não quer festa lotada. “A gente ainda está decidindo tudo. Vai ser simples. Quero construir uma história, ter uma família. E, quando eu estiver velhinha, poder olhar tudo o que passamos juntos”, planejou Marina, que já sabe como vai ser seu vestido.

Por:  Juliana Stott /Purepeople

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *