Morre em Belo Horizonte a escritora Helena Jobim, irmã de Tom

A escritora Helena Isaura Brasileiro de Almeida Jobim (1931 – 2015), irmã do maestro Tom Jobim, morreu na noite deste domingo (13), em Belo Horizonte, onde morava desde 2000. Aos 84 anos, ela sofria de Alzheimer e faleceu em decorrência de problemas nos rins, segundo a família.

De acordo com a filha, Sonia Albano Feitosa, 66 anos, a doença estava em grau avançado e, nos últimos meses, Helena só reconhecia os familiares mais próximos. A única irmã de Tom Jobim deixa a filha, dois netos e uma bisneta. “Ela descansou”, disse Sônia ao G1, na manhã desta segunda-feira (14).

A escritora viveu os últimos dois anos em uma clínica e estava internada no Hospital Felício Rocho há cinco dias. O velório é realizado na Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte, e o enterro está previsto para o início da tarde no Cemitério da Paz, na Região Noroeste da cidade.

Helena é autora da biografia dedicada ao irmão “Antônio Carlos Jobim – Um homem iluminado” e dos livros “A chave do poço” e “Trilogia do assombro”, dentre outros. A vida e obra são temas de um documentário do diretor mineiro Ernane Alves, com previsão de lançamento em 2016.

O longa-metragem “Helena” é produzido pela Portraits Factory Filmes LTDA. Atores, como Bruno Gagliasso, Deborah Seco e Sandy Leah, interpretam poemas e trechos dos livros da irmã de Tom Jobim, com trilha sonora original que será produzida pelo músico Lucas Lima.

helena_jobim__ernane_alves_em_09_novembro_2013_-_21

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *