Meryl Streep revela assédio de Dustin Hoffman há 38 anos

Ao circular nas redes sociais, uma entrevista de Meryl Streep publicada em 1979 na revista “Time” trouxe à tona o caso de assédio de Dustin Hoffman contra a escritora Anna Graham Hunter.

Na publicação, a atriz revela que conheceu Hoffman anos antes do filme “Kramer versus Kramer”, oportunidade em que fazia uma audição para um espetáculo da Broadway dirigido por ele. “Ele chegou até mim, disse ‘Eu sou Dustin Hoffman’ e colocou a mão no meu seio’. Um porco desagradável, eu pensei”, contou indignada.

Na publicação, a atriz revela que conheceu Hoffman anos antes do filme “Kramer versus Kramer”

Publicada em 2016, a biografia de Meryl Streep – intitulada “Her Again: Becoming Meryl Streep” – mostrou que Hoffman atingiu a atriz com um tapa no período das filmagens do filme de 1978, quando ela tinha 29 anos.

Segundo o autor Michael Schulman, o ator bateu no rosto de Meryl logo na cena de abertura do longa, sem que ninguém esperasse. O ato foi tão forte que deixou uma marca vermelha. Ele chegou a provocar a atriz também com comentários sobre seu ex-companheiro, John Cazale, que tinha morrido naquele ano.

O filme bombou no Oscar e conquistou sete estatuetas em 1980, incluindo a de melhor filme, melhor diretor (Robert Benton), melhor ator (Hoffman) e melhor atriz coadjuvante (Streep). Depois do episódio, os dois atores não trabalharam juntos novamente.

Fonte: RD1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *